Mick Schumacher segue o pai e assina contrato com a Ferrari

Mick Schumacher segue o pai e assina contrato com a Ferrari

Filho do heptacampeão mundial de Fórmula 1 acerta com a academia da escuderia italiana que prepara jovens pilotos

EFE

O alemão Mick Schumacher, filho do heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, assinou neste sábado (19) um contrato com a Ferrari Driver Academy (FDA), a academia da escuderia italiana para formação de jovens pilotos para a elite do automobilismo.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"A Ferrari Driver Academy comunica que assinou um contrato com o campeão de Fórmula 3 europeia de 2018, Mick Schumacher. Mick, que em 2019 disputará o campeonato de Fórmula 2, a partir da próxima semana trabalhará com os seus companheiros da FDA nas atividades de preparação da pré-temporada", disse a equipe italiana em comunicado.

Sábado de Boxe Internacional no FOX Sports: Pacquiao x Broner

Mick Schumacher, nascido em 1999, se junta ao francês Giuliano Alesi, filho do ex-piloto de F-1 Jean Alesi, e ao britânico Callum Ilott, que também competem na F-2. Também fazem parte da academia o neozelandês Marcus Armstrong e ao russo Robert Shwartzman, da Fórmula 3, além dos brasileiro s Enzo Fittipaldi, neto do bicampeão Emerson Fittipaldi e piloto da Fórmula Regional FIA, e Gianluca Pentecof, da Fórmula 4.

FOX amplia as possibilidades de contratação do FOX Sports

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Bundesliga, River Plate, Boca Juniors e mais: o fim de semana no FOX Sports 

"Estou muito feliz por ter chegado a um acordo com a Ferrari e pelo fato de que o meu futuro nas competições automobilísticas seja em 'vermelho', ao entrar na Ferrari Driver Academy e, de quebra, na família da Ferrari. É outro passo na direção correta", destacou Mick.

"Só posso me beneficiar da competência que existe aqui. Farei de tudo para aprender tudo que puder me ajudar a realizar o meu sonho, competir na Fórmula 1", completou.

A felicidade do alemão se junta à do diretor da FDA, Mattia Binotto, que lembrou que acompanhou o crescimento do jovem piloto e o considera talentoso.

"Para mim, que o vi nascer, tem um significado emotivo particular receber Mick na Ferrari, mas o escolhemos pelo seu talento e pela sua qualidade humana e profissional", declarou Binotto. 

Saiba mais:

PVC: Flamengo acerta com Bruno Henrique, do Santos

Santos vai atrás de Blandi para vaga de Bruno Henrique

Boxe Internacional: O que esperar de Pacquiao x Broner?

Crédito da foto: Twitter @SchumacherMick

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade