Fifa divulga valores repassados a clubes por jogadores que disputaram a Copa do Mundo veja

Fifa divulga valores repassados a clubes por jogadores que disputaram a Copa do Mundo; veja

Oito clubes brasileiros cederam atletas para as seleções participantes do torneio na Rússia e foram ressarcidos pela entidade máxima do futebol

FOX Sports

A Fifa divulgou nesta terça-feira (4 de dezembro) o valor exato que foi repassado para os clubes que tiveram jogadores disputando a Copa do Mundo, nos últimos meses de junho e julho, na Rússia. No Brasil, foram oito equipes que cederam atletas para o Mundial, sendo o Corinthians quem mais lucrou.

Apesar de contar com apenas dois jogadores, Cássio e Fágner, o Corinthians viu seus atletas chegarem até às quartas de final da competição com a Seleção Brasileira, o que rendeu quase R$ 2,5 milhões. Já o Flamengo, segundo time brasileiro que mais lucrou, também teve dois atletas, ambos na seleção peruana: Paolo Guerrero e Miguel Trauco. No entanto, o país andino foi eliminado ainda na fase de grupos, o que gerou aproximadamente R$ 1,68 milhão aos cofres rubro-negros.

Fechando o pódio, apareceu o Palmeiras, que cedeu o atacante Miguel Borja à seleção colombiana. Além do atacante, outro atleta que ajudou o time alviverde a lucrar foi o zagueiro Yerry Mina, que defendeu o Verdão entre os anos de 2016 e 2017. Com os sul-americanos sendo eliminados pela Inglaterra, nas oitavas de final da Copa do Mundo, o Verdão recebeu cerca de R$ 1,63 milhão.

Finais da Libertadores e Sul-Americana, Bundesliga e mais: tudo no FOX Sports

Entenda a divisão dos valores

Desde a Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul, a Fifa definiu indenizar os clubes que cedessem jogadores para os mundiais. A divisão para o torneio de 2018 se deu da seguinte forma: um terço para o clube que o jogador está vinculado enquanto se disputa o torneio de seleções; um terço para a equipe onde o atleta atuou entre julho de 2016 e junho de 2017; um terço para o time em que o jogador esteve entre julho de 2017 e maio de 2018.

No total, a indenização equivalente à cada atleta foi de US$ 8.530 (R$ 32.914,71) por dia em que ele esteve cedido à seleção, contando duas semanas antes da estreia no Mundial até um dia após o fim da participação do país na competição.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Confira abaixo o ranking dos clubes brasileiros e valores recebidos da Fifa:

1- Corinthians: US$ 645.240 = R$ 2.488.109,96

2- Flamengo: US$ 435.820 = R$ 1.680.565,50

3- Palmeiras: US$ 425.207,50 = R$ 1.639.642,64

4- Cruzeiro: US$ 322.620 = R$ 1.244.054,98

4- Grêmio: US$ 322.620 = R$ 1.244.054,98

4- Vasco: US$ 322.620 = R$ 1.244.054,98

7- São Paulo: US$ 237.720 = R$ 916.672,09

8- Sport: US$ 41.035 = R$ 158.235,06

Saiba mais:

Yago Pikachu deve deixar o Vasco

Gabigol revela desejo de jogar no Fla

Santos define prazo para ter Abel

Crédito da foto: Marcelo Machado de Melo/Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!