Pedrinho rebate acusacão de Castan sobre oposicão ter atrapalhado o Vasco em 2018

Pedrinho rebate acusação de Castan sobre oposição ter atrapalhado o Vasco em 2018

Ex-meia e ídolo da torcida cruzmaltina faz parte de grupo político da oposição ao presidente Alexandre Campello

FOX Sports

O Vasco se livrou do rebaixamento para a segunda divisão ao empatar com o Ceará em 0 a 0, no último domingo (2 de dezembro), na Arena Castelão, após um ano conturbado. Na saída do estádio, o capitão Leandro Castan falou sobre a temporada cruzmaltina e afirmou que a briga política, que começou com a eleição de Alexandre Campello em janeiro, influenciou nos maus resultados em campo.

Finais da Libertadores e Sul-Americana, Bundesliga e mais: tudo no FOX Sports

Para o camisa 25, o elenco vascaíno até tentou não se envolver nas questões extracampo, mas que em alguns momentos o time foi ‘atingido’ pela briga.

“Se eu falar que não influencia, vou estar sendo mentiroso. A gente tenta deixar de lado, mas a gente sabe que o Vasco tem essa briga política. Teve momento que a oposição tentou chegar ao poder, não vou me meter, mas acabou atrapalhando”, afirmou o zagueiro, que completou: “A gente ouve comentários de que até a oposição chegou a oferecer dinheiro para o Ceará. São coisinhas que vão atrapalhando. A torcida não merece passar por isso”, disse.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Ídolo da torcida e membro do grupo político “Sempre Vasco”, o ex-jogador Pedrinho utilizou as redes sociais para responder Leandro Castan, afirmando que os torcedores se sentiram ofendidos com as palavras do defensor.

“Somos oposição e essa acusação é gravíssima. Conheça as pessoas de bem antes de falar. O vascaíno de bem se sentiu ofendido. Se preocupe em jogar bola, porque esse ano tivemos o pior aproveitamento do século. Quem prejudica o Vasco é quem tem a caneta na mão. Se cuida, capitão!”, publicou o campeão da Libertadores em 1998 com o Cruzmaltino.

Saiba mais:

Pai de Diego fala sobre futuro do meia

Palmeiras define prioridade no mercado

Militão está na mira de gigantes europeus

Crédito da foto: Rafael Ribeiro/Vasco 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!