James coloca em xeque sua permanência no Bayern Se tiver que sair porque nao jogo sairei

James coloca em xeque sua permanência no Bayern: 'Se tiver que sair porque não jogo, sairei'

Em declarações ao Mundo Deportivo, o colombiano externou a sua insatisfação por não estar recebendo tantas chances sob o comando do técnico Nico Kovac

FOX Sports

Se no meio do ano passado James Rodríguez chegou ao Bayern de Munique com protagonismo, hoje a realidade do colombiano no clube bávaro é bem diferente. Desde a chegada do técnico Nico Kovac, o meia não vem tendo mais tantas oportunidades no time titular e não descarta uma nova mudança de ares.

Finais da Libertadores e Sul-Americana, Bundesliga e mais: tudo no FOX Sports

Em entrevista ao diário espanhol Mundo Deportivo, James afirmou que, apesar de querer permanecer no futebol alemão, já que foi muito bem recebido pela torcida bávara, se sentirá forçado a sair caso a sua situação não mude por lá, o que significa ter mais chances no time.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“É uma situação diferente à do ano passado porque agora jogo menos. Se tiver que ir embora por falta de oportunidades, assim o farei. Mas, na verdade, o meu desejo é permanecer porque realmente sinto o amor dos torcedores e de toda a família Bayern de Munique”, afirmou.

Emprestado pelo Real Madrid, que acertou vínculo de duas temporadas com o Bayern, James Rodríguez só permanecerá na Alemanha se a equipe bávara pagar os 60 milhões de euros (R$ 262 milhões) referentes à sua cláusula de compra assinada com os madrilhenhos.

Na atual temporada, o colombiano tem um total de 11 partidas disputadas pelo Bayern, com três gols marcados e duas assistências.

Saiba mais:

Pai de Diego fala sobre futuro do meia

Palmeiras define prioridade no mercado

Militão está na mira de gigantes europeus

Crédito Foto: Reuters 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!