Contratado pelo Palmeiras, Arthur Cabral se despede do Ceará com mensagem emocionante

Contratado pelo Palmeiras, Arthur Cabral se despede do Ceará com mensagem emocionante

Centroavante foi anunciado como reforço do Palmeiras nesta semana e assinou por cinco anos com o time paulista

FOX Sports

O Palmeiras utilizou a semana pós-conquista do título brasileiro para resolver algumas pendências visando a próxima temporada. Arthur Cabral assinou por cinco temporadas com o time paulista, mas ainda entra em campo na última rodada diante do Vasco da Gama pelo Ceará. O atacante utilizou as redes sociais para postar uma mensagem de despedida emocionante e de agradecimento ao Vozão.

Boca e River em campo pela Superliga Argentina e mais: o fim de semana no FOX Sports

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Chegou o dia, chegou o dia que nunca achei que iria chegar, mas chegou. O tempo passa muito rápido e ainda mais quando é bom, aí que passa rápido mesmo. Cheguei a esse clube em agosto de 2014, na Cidade Vozão, e nunca imaginei que um dia esse clube significaria tanto para mim, que conquistaria tantas coisas. Foi difícil, foi muito difícil, mas quem disse que eu gosto de coisas fáceis? Não, não gosto, por ter sido tão difícil, eu valorizei cada minuto que vesti essa camisa, cada vez que entrei em campo, em dias bons que foram a grande maioria e também em dias ruins, mas independentemente de dias bons ou ruins, sempre dei eu melhor, sempre me esforcei ao máximo. E creio eu, que tenha sido um dos maiores motivos de ter tido esse carinho imenso dos torcedores, por eles terem me visto ralando na base, ralando na Copa São Paulo, por terem me visto demorar a engrenar no profissional, a começar a jogar bem. Por terem me visto chorar ao fazer meu primeiro gol na Série B, e também terem me visto chorar após perder um gol que decidiria a partida contra o Santa Cruz, e mesmo depois de conquistar diversas coisas por esse clube, terem me visto chorar mais uma vez após perder um pênalti. Creio eu que tenha sido isso, para explicar tanto carinho. Pois eu sei que não sou o maior ídolo desse clube, não fui o melhor jogador, não sou o maior artilheiro, muito menos o melhor atacante, mas o carinho que essa torcida teve e tem por mim, é incomparável. E hoje mais uma vez entrarei em campo com esse manto, último jogo do campeonato, uma despedida. Darei a vida mais uma vez para sairmos com os 3 pontos, mais uma vez entrarei em campo como se fosse o último jogo da minha vida, e mais uma vez quero ver essa torcida sorrir, vibrar, cantar, e me emocionar como sempre. Que com certeza não será a última. Até breve, Ceará.

Crédito: Celso Pupo/ Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!