Bellator 210: Salter aplica mata leão em Njokuani e vence; brasileiros perdem na noite

Bellator 210: Salter aplica mata-leão em Njokuani e vence; brasileiros perdem na noite

Azarão da noite levou a luta principal para o chão e conseguiu nocautear o adversário. Guilherme Bomba e Bruna Ellen perderam suas lutas para David Rickels e Kristina Williams, respectivamente

FOX Sports

E a madrugada de sexta para sábado foi de muita luta na tela do FOX Sports. Com exclusividade, o canal transmitiu o Bellator 210, e emoção não faltou para os fãs do MMA. Na luta principal, John Salter desbancou o favorito Chidi Njokuani e, com um mata-leão, levou o adversário ao nocaute ainda no primeiro roud. Na noite, os brasileiros Guilherme Bomba e Bruna Ellen foram derrotados.

Chidi Njokuani x John Salter:

Na luta principal da noite, o azarão John Salter acabou com a luta logo no primeiro round. Depois de levar o adversário para o chão, Salter aplicou um mata-leão e fez o adversário bater. Veja acima o nocaute.

David Rickels x Guilherme Bomba:

No co-evento principal do Bellator 210, David Rickels mostrou toda sua experiência para vencer Guilherme Bomba. Em combate marcado por muita trocação, principalmente por parte do norte-americano. Desde o começo da luta, o americano mostrou a que veio, sempre acertando os golpes mais contundentes no brasileiro. Ao fim de 15 minutos, David Rickels foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes

Bruna Ellen x Kristina Williams:

Sendo a primeira representante do Brasil a entrar no cage circular do card principal do Bellator 210, Bruna Ellen veio de forma bem estratégica para o duelo com Kristina Williams. Com envergadura inferior, a brasileira aplicava muitos golpes na base do overhand. Apesar de acertar bons golpes, a americana conseguiu encaixar os socos mais contundentes. Após três rounds, o juízes laterais deram a vitória para Kristina Williams de forma unânime.

Juan Archuleta x Jeremy Spoon:

Na primeira luta do evento, vitória tranquila de Juan Archuleta em cima de Jerermy Spoon. Apesar de muita pressão e combate em cima do adversário, Archuleta não conseguiu um nocaute, vencendo apenas na decisão unânime dos árbitros.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!