Dorival diz como Diego e Paquetá reagiram com idas para o banco de reservas

Dorival diz como Diego e Paquetá reagiram com idas para o banco de reservas

O treinador do Flamengo deu entrevista ao blog do jornalista André Rocha, no portal Uol

FOX Sports

O técnico Dorival Júnior chegou ao Flamengo no final de setembro e, apesar de um aproveitamento superior a 70% até aqui, não conseguiu conquistar o Brasileirão. Nesse período, o comandante chegou a barrar algumas estrelas da equipe titular, como o goleiro Diego Alves e os meias Everton Ribeiro, Lucas Paquetá e Diego. Em entrevista ao blog do jornalista André Rocha, no portal Uol, ele falou da reação do camisa 10 ao saber da notícia.

Bayern, Borussia, final da Copa Paulista e mais: o fim de semana no FOX Sports

“De início, discordou da minha decisão de colocá-lo no banco porque estava voltando de contusão. Expliquei meus motivos e pedi a ele que continuasse treinando e acreditasse no que estava dizendo. Era uma decisão técnica e tática, não má vontade. Ele foi leal, correto e profissional. Trabalhou, não reclamou externamente e voltou a ganhar oportunidades pelos próprios méritos. Foi fundamental nessa reta final”, disse o técnico, que também contou como foi deixar Paquetá no banco após a expulsão do meia contra o Sport.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Ele reconheceu que errou. O jogador é inteligente e sabe quando se equivoca. O Everton Ribeiro ficou no banco contra o Sport e nos ajudou demais no segundo tempo com um homem a menos. Aí entra a importância do exemplo. Como o Paquetá poderia reclamar de ficar fora depois de um erro se o Diego aceitou voltando de lesão e modificou jogos a nosso favor saindo do banco”, completou.

Saiba mais:

Fla monitora destaque do futebol mexicano

Leila fala sobre gritos da torcida do Vasco

PSG quer 'dar chapéu' no Real por atacante

Crédito da foto: Gilvan de Spuza/Flamengo

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!