Turra diz que Felipão não vai se aposentar e exalta nome em campanha do Palmeiras

Turra diz que Felipão não vai se aposentar e exalta nome em campanha do Palmeiras

Além de garantir que o comandante não vai parar em breve, auxiliar rasgou elogios ao futebol apresentado por Dudu

Gazeta Press

Depois de deixar o Brasil em 2014 com a marca de um dos principais responsáveis pelo maior vexame da Seleção Brasileira em Copas do Mundo (7 a 1 para a Alemanha na semifinal), Luiz Felipe Scolari retornou ao futebol nacional em julho para liderar sua redenção com o Palmeiras, coroada com o título brasileiro no último domingo, o 10º da história do Palestra Itália. Engana-se, porém, quem pensa que o treinador já cogita a aposentadoria.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Em entrevista ao jornal português A Bola, Paulo Turra, principal auxiliar de Felipão no Palmeiras, cravou que a saída definitiva do futebol não está nos planos do gaúcho de 70 anos. O ex-zagueiro e braço direito do campeão mundial em 2002, inclusive, afirmou que o decacampeonato brasileiro deu um “gás” a mais para Scolari, que conseguiu lidar com as críticas para dar a volta por cima.

“Não acredito que ele esteja caminhando para uma aposentadoria, até porque o título do Brasileirão deu um gás a mais. É um profissional super ativo, está sempre de olho em tudo, quer que tudo passe por ele. O dia que resolver parar, ele vai parar, e vai ser natural. Não tem programado”, disse Turra.

Semi da Sul-Americana, Arsenal, Chelsea, Bundesliga e mais: a semana no FOX Sports

“O professor é bem tranquilo. Está com 70 anos, mas sempre quer aprender mais, sempre está curioso. Até pelo currículo vitorioso, pela pessoa que é, o Felipão é um profissional muito bem resolvido neste aspecto. Infelizmente, a cultura brasileira é sempre de jogar a culpa em cima de alguém, e jogaram todo a culpa em cima dele (pelo 7 a 1 na Copa do Mundo de 2014). Mas também usou aquilo como aprendizado”, completou.

Considerado um dos principais responsáveis pelo título do Palmeiras dentro de campo, Dudu também foi tema da entrevista concedida por Turra. O camisa sete foi muito elogiado pelo auxiliar, que destacou o comprometimento, a técnica e a qualidade “fora de série” do atacante, um dos mais cotados para deixar o Palestra Itália no fim da temporada.

“Nestes quatro meses em que esteve conosco o Dudu demonstrou ser muito fora de série. Muito fora série. Ele e alguns outros também, tendo em vista a realidade do futebol brasileiro”, analisou Turra, que também comentou os casos de Deyverson ao longo da temporada.

“O Deyverson é um garoto muito bom, que não tem qualquer tipo de maldade.É como ele mesmo falou, às vezes o chip solta da cabeça. O problema, entre aspas, é administrar jogador medíocre. Agora, administrar jogador com qualidade, e o Deyverson é o nosso goleador, com nove gols, é muito mais fácil. Lembro que, quando chegamos no clube, muitos torcedores não queriam vê-lo nem pintado de ouro. Felizmente, ele evoluiu”, finalizou.

Saiba mais:

Fla monitora dois laterais para 2019

Dudu abre o jogos sobre o seu futuro

Conmebol abre processo contra o River

Crédito da foto: Flickr Palmeiras

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!