Mina desabafa e coloca o Barcelona no passado Nao era para ser

Mina desabafa e coloca o Barcelona no passado: 'Não era para ser'

Em entrevista ao jornal Telegraph, zagueiro, ex-Palmeiras, abriu o jogo sobre sua passagem pelo clube catalão e diz que acertou em se mudar para o Everton

Gazeta Press

Conhecido do futebol brasileiro pelo destaque adquirido vestindo a camisa do Palmeiras, Yerry Mina chegou ao Barcelona como promessa e referendado, mas não conseguiu fazer valer nem o investimento nem o que se esperava dele dentro de campo. Após uma passagem permeada por insucessos, o defensor colombiano chegou ao Everton e estreou na última semana querendo “esquecer” o clube catalão.

FOX amplia as possibilidades de contratação do FOX Sports

Em entrevista ao jornal inglês Telegraph, Mina relembrou os momentos difíceis no Barcelona, os treinos em separado e a expectativa de ser relacionado, mas ficar de fora. Quanto ao Everton, ressaltou o papel fundamental do treinador português Marco Silva, de quem recebeu ligações pedindo para que aceitasse a proposta do clube inglês e tentasse uma mudança de ares.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Eu sou um cara que não gosta muito de olhar para trás. O importante é manter o foco no que está à frente e olhar para o futuro. Tenho ciência de que dei meu melhor em Barcelona, treinei realmente duro. Treinei muito com o grupo, mas aí via que não estava relacionado. Gastei muito tempo treinando sozinho, estava em forma e pronto para quando o técnico me chamava. Não era para ser”, disse o zagueiro.

Final da Libertadores, Dortmund x Bayern e Copa Paulista: tudo no FOX Sports

“Depois da Copa do Mundo, eu estava de folga, treinando e me mantendo em forma, quando Marco (Silva) me ligou dizendo que queria que fosse jogar para eles, no Everton. A fé que ele mostrou em mim foi muito importante. Eu sei agora, sentado aqui, que tomei a decisão certa. Foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado”, completou Mina.

Mesmo com as poucas chances no Barcelona e apenas 377 minutos em campo durante toda a temporada passada, Mina não foi esquecido por José Pékerman, treinador da Colômbia, que levou o zagueiro para a Copa do Mundo da Rússia. Na competição de seleções, o destaque voltou com gols importantes que lhe renderam o interesse, além do Everton, do Manchester United, com quem o próprio jogador afirmou que seus representantes chegaram a conversar.

Saiba mais:

Tite elogia Rodrygo e critica Vini Jr.

Dembélé irrita o Barcelona novamente

Ex-Corinthians e Inter revela depressão

Crédito: Divulgação Everton

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!