Pai goleiro, fã de Ceni e gratidão ao São Paulo: Conheça Everson, paredão do Ceará no Brasileiro

Pai goleiro, fã de Ceni e gratidão ao São Paulo: Conheça Everson, paredão do Ceará no Brasileiro

Éverson conversou com exclusividade com a reportagem do FOXSports.com.br e relembrou o início de carreira e a passagem pela base do São Paulo

Daniel Bocatto

Abandonar a família ainda muito cedo rumo a um sonho de vida. Este é o início da história de muitas crianças e adolescentes espalhados pelo Brasil. Com Éverson, atual goleiro do Ceará, não poderia ser diferente. Hoje com 28 anos, o paulista herda o posto de um dos melhores nomes do País na posição. Porém, ao olhar para trás, o goleiro relembra os desafios superados para chegar ao posto que tem nos dias atuais.

Semi da Sul-Americana, final da Libertadores, Chelsea, Arsenal, Milan e mais: tudo no FOX Sports

Com 13 anos, o ainda garoto precisou deixar os pais e a cidade de Pindamonhangaba, local em que nasceu, para ir à capital paulista rumo a um sonho: o de ser goleiro. O destino? O São Paulo Futebol Clube. Mesmo com os desafios que o futebol impõe, Éverson tinha certeza que teria sucesso na posição. “Eu costumo dizer que eu nasci goleiro. Meu pai era goleiro amador, de Pindamonhangaba. Tinha paixão por ser goleiro. Até aumentava a trave de chinelo. Pegava as luvas do meu pai para atuar melhor. Ele sempre foi meu ídolo. Com 13 anos eu passei em um teste de goleiro no São Paulo, e foi muito difícil para todo mundo. Sair de casa com 13 anos, filho único, foi um momento complicado”, conta com orgulho o goleiro do Ceará à reportagem do FOXSports.com.br

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Éverson teve toda a sua formação de goleiro no São Paulo. Porém, foi apenas neste ano, na vitória do Tricolor por 1 a 0 diante do Ceará, que o goleiro fez a sua estreia profissional no Morumbi. Local no qual morou e viu de perto as grandes conquistas do São Paulo em 2005, ano de título paulista, da Libertadores e do Mundial de Clubes.

Saiba mais:

Real quer jovens de Fla, Palmeiras e Santos

Três contratações estão na mira do Corinthians

'Palmeiras terá elenco mais forte com reforços'

“Sou muito grato ao São Paulo pelo o que ele fez para mim. Fiz seis anos de base e foram seis anos no clube. Trabalhei em Cotia. O São Paulo me ajudou demais no crescimento pessoal e profissional. Morei na arquibancada do Morumbi, lembro da campanha do Morumbi, acompanhei todas as partidas por lá. Tive o sonho de atuar por lá e fiz uma boa partida. Sou grato por tudo ao São Paulo”.

Clique e assine o FOX Sports pelo celular

FOX amplia as possibilidades de contratação do FOX Sports

Autor de um golaço de falta na vitória por 2 a 1 diante do Corinthians, no Castelão, Éverson anotou seu único gol até aqui no Brasileirão. A inspiração para tal talento? Rogério Ceni, espelho que teve durante o período em que passou na base do time do Morumbi. Porém, o goleiro sonha alto e mira Manuel Neuer, do Bayern München, como ‘goleiro ideal’ para o futuro.

“Por ter me formado na base do São Paulo, me inspirei no Ceni. Tive o privilégio de treinar ele. Passei quatro meses no profissional. Nos dias de hoje, me inspiro demais no Neuer. É um goleiro moderno demais. É em quem eu me inspiro depois que o Ceni se aposentou”, disse o goleiro.

Crédito: Guilherme Artigas/ Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!