Após dar adeus à Seleção, Falcão anuncia que se aposenta ao fim do ano

Após dar adeus à Seleção, Falcão anuncia que se aposenta ao fim do ano

Em entrevista à Rede Globo, Falcão revelou que encerrará sua atividade profissional este ano, mas garantiu que continuará jogando em eventos por diversão

Gazeta Press

Com um gol de letra e outro de cobertura, Falcão se despediu da Seleção Brasileira no último dia 28 de outubro. Neste domingo, no entanto, o craque estendeu seu adeus ao futsal no geral em entrevista ao Esporte Espetacular, da Rede Globo. Durante a conversa, o jogador disse que apenas fechará seus compromissos neste ano com o Magnus, equipe de Sorocaba que defende pela terceira vez desde o início de 2018.

Bundesliga e Superliga Argentina: o fim de semana do FOX Sports

“Profissionalmente, pensando muito, com 41 anos chegou o momento. Me despedi da Seleção recentemente, e agora vou terminar meus compromissos com o clube. Tenho certeza que ainda farei muitos eventos, mas para me divertir. Profissionalmente é o meu último ano”, garantiu.

O craque, que acumula em sua carreira mais de 100 títulos, e é considerado o maior jogador de futsal de todos os tempos, também falou da dificuldade de “correr atrás da molecada”. “É, o cansaço bateu e umas dorezinhas que nunca tive começaram a aparecer. Estou com 41 anos e percebo que está cada vez mais difícil correr atrás dessa molecada de 20, 21 anos. Mas, com certeza, a sensação que fica é a de dever cumprido”, finalizou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Falcão começou a jogar futsal profissionalmente em 1994, no Corinthians. Agora, aos 41, ele olha para trás e vê suas passagens por dez clubes diferentes e 73 títulos conquistados, além da Seleção Brasileira, a qual defende há 20 anos. Com a amarelinha, Falcão possui 29 taças em 258 jogos disputados e 401 gols marcados. Entre as principais conquistas pela Seleção estão duas Copas do Mundo, cinco Copas América e 11 Grand Prix. Já pelos clubes, a lista é ainda maior: dois Mundiais (2008 e 2012), sete Libertadores, sete Sul-Americanos, nove torneios nacionais e 13 estaduais.

Ao lado do português Ricardinho, Falcão tem quatro troféus de melhor jogador do mundo de futsal – e eles são os únicos a terem alcançado este número.

Saiba mais:

Fla, São Paulo e mais 2 querem Gabigol

Felipe Melo no Boca? Volante abre o jogo

Vinicius Júnior salva o Real Madrid; veja

Crédito Foto: Ricardo Artifon/CBFS

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!