Muito improvável, mas não impossível diz especialista sobre possível anulação de Grêmio x River

“Muito improvável, mas não impossível”, diz especialista sobre possível anulação de Grêmio x River

Marcelo Jucá, presidente do TJD-RJ, conversou com o FOXSports.com.br sobre o caso envolvendo o técnico Marcelo Gallardo

Daniel Tenius

A Conmebol ainda não revelou a punição ao River Plate e ao técnico Marcelo Gallardo por conta da ida do treinador – que estava suspenso – ao vestiário durante o intervalo da partida contra o Grêmio. Procurado pelo FOXSports.com.br, Marcelo Jucá, presidente do TJD-RJ, se mostrou pessimista em relação a uma possível anulação da partida.

Vasco no NBB, Bayern e Bundesliga: a semana do FOX Sports

“Acho muito improvável, pois não existe esse tipo de penalidade nos códigos disciplinares. Para chegar a esse resultado, seria necessária uma interpretação extensiva que não tem lugar na seara da legislação esportiva. Contudo, não é impossível”, disse Jucá, que revelou como pode ser o plano do Tricolor.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O artigo 56 do Código Disciplinar da Conmebol elenca os motivos para uma equipe reclamar do resultado de uma partida. Um dos tópicos listados afirma que um jogo pode ser anulado por “qualquer outro incidente grave, estabelecido no regulamento, que tenha influenciado no resultado da partida”.

Para o presidente do TJD, o Grêmio pode se basear nessa parte do código. “A construção jurídica que se poderia fazer é a seguinte: a presença do técnico, que não poderia estar ali, passando as instruções influenciou diretamente o resultado da partida”, completou.

Saiba mais:

Dudu abre o jogo sobre oferta milionária

Bueno fala de reforços para o Corinthians 

Técnico do Real manda recado a Vinicius Jr

Crédito da imagem: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!