Fabio Junior relembra ano mágico com o Palmeiras: Na torcida pela Libertadores

Fabio Junior relembra ‘ano mágico’ com o Palmeiras: ‘Na torcida pela Libertadores’

O ex-jogador do Verdão, que viveu o duelo contra o Boca pela semifinal da Libertadores em 2001, falou com a reportagem sobre o confronto entre os dois times

FOX Sports

Já faz 17 anos desde que a Bombonera sediou o polêmico jogo entre Palmeiras e Boca Juniors pela semifinal da Libertadores. E nessa quarta-feira (24), às 21h45 com transmissão no FOX Sports, o gramado argentino volta a receber os clubes, que se enfrentam em busca de uma vaga na final do mesmo campeonato. Apontado como um dos ‘injustiçados’ pela arbitragem de Ubaldo Aquino em 2001, após marcar um gol e ter o outro anulado, o ex-centroavante Fabio Junior fala da ‘catimba’ argentina, clássica nos duelos contra os brasileiros.

El Clásico Barcelona x Real Madrid no dia 28; saiba como assistir ao vivo

O ex-atleta diz que provocações e entradas mais duras fazem parte do comportamento argentino, mas acredita que o time brasileiro não vai cair nesse jogo. “O Palmeiras tem atletas experientes e acostumados com decisões, não vão se deixar levar por esse tipo de situação. A pressão é mais extra-campo com a torcida que canta o tempo todo, incentivando seus atletas. Isso faz com que eles tenham uma motivação a mais”, afirma.

Semis da Libertadores; brasileiros na Sul-Americana; Chelsea, Bayern...que semana no FOX Sports!

Fabior Junior atuou pouco com a camisa do Palmeiras, apenas durante o ano de 2001. Porém, foi tempo suficiente para que o centroavante se apaixonasse pelo Alviverde. “Foi uma honra e um privilégio atuar no Palmeiras. Todos sonham em jogar em grandes clubes, e eu pude realizar algo que é para pouco. Vestir e defender as cores do Palmeiras, um dos maiores clubes do futebol brasileiro e mundial foi emocionante.”

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O ex-jogador deseja uma arbitragem mais tranquila para a partida de amanhã, já que no confronto em que esteve, os dois erros de Ubaldo Aquino prejudicaram diretamente o time brasileiro. “Estarei torcendo muito para que tudo dê certo e o Palmeiras consiga conquistar essa Libertadores.”

Saiba mais:

Vinicius tem apelido de craque no Real

"Cesár será o goleiro contra o Palmeiras"

Barcelona monitora Pedrinho e mais joias

Fabio Junior destaca além da experiência do time e do técnico Felipão, a qualidade do elenco. Vale lembrar que dos dez jogos disputados na competição deste ano, o Palmeiras tem um excelente aproveitamento com oito vitórias, um empate e uma derrota. É a melhor campanha entre os semifinalistas.

*Reportagem e texto de Julia Sena com supervisão de Daniel Bocatto

Crédito: Dudu Macedo/ Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!