Fabio Junior detona arbitragem de Palmeiras e Boca em 2001: Foi tendencioso

Fabio Junior detona arbitragem de Palmeiras e Boca em 2001: ‘Foi tendencioso’

Atacante do Palmeiras na Libertadores de 2001 anotou um dos gols na Bombonera, no empate em 2 a 2, e atacou a arbitragem de Ubaldo Aquino. FOX Sports transmite semifinal, nesta quarta, às 21h, diante dos argentinos

Daniel Bocatto

Em clima de decisão, o Palmeiras enfrenta fora de casa o Boca Juniors, no primeiro jogo pela semifinal da Libertadores, na Bombonera, nesta quarta-feira, às 21h45, com transmissão ao vivo no FOX Sports. O confronto, que promete ser intenso, já está marcado por personagem que não sai da memória do torcedor do Palmeiras: Fabio Junior. O ex-centroavante conversou com a reportagem do FOXSports.com.br e relembrou as semifinais da Libertadores de 2001. Na oportunidade, além de um grande time do Boca Juniors, o Verdão precisou enfrentar também a arbitragem de Ubaldo Aquino, que prejudicou o time brasileiro.

Semis da Libertadores; brasileiros na Sul-Americana; Chelsea, Bayern...que semana no FOX Sports!

El Clásico Barcelona x Real Madrid no dia 28; saiba como assistir ao vivo

“Já estive em outras partidas também com arbitragem ruim e com erros, mas erros acontecem porque todos somos seres humanos. Mas, quando o erro é tendencioso, aí sim preocupa, e naquela ocasião prejudicou diretamente o resultado do jogo. Será que não existe outros árbitros preparados para apitar um jogo de tamanha grandeza? ”, relembrou o centroavante.

Na oportunidade, o Palmeiras arrancou um duro empate por 2 a 2 na Bombonera, onde esteve duas vezes à frente do placar. Fabio Junior marcou um dos dois gols do Palmeiras naquele dia. Porém, o árbitro Ubaldo Aquino entrou em cena ao assinalar um pênalti inexistente do zagueiro Alexandre e ao não marcar uma penalidade clara em cima do volante Fernando. Na partida de volta, em novo empate por 2 a 2, Fabio Junior teve um gol legítimo anulado pelo auxiliar Oscar Ruíz. Apesar de ter mágoas com a arbitragem, Fabio Junior crê em uma vitória na Bombonera e pede para o Verdão esquecer a arbitragem, que será comandada pelo chileno Roberto Tobar.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Saiba mais:

Bandeira responde reclamações do Palmeiras: “Ridículo”

Thiago Neves revela como foram ameaças após provocação

Grêmio surpreende e leva Luan para duelo com o River

“Eu entendo que o Palmeiras deve se preocupar em fazer um grande jogo, principalmente os atletas, que devem esquecer o árbitro e qualquer outro tipo de provocação porque sabemos que vai existir. O Palmeiras tem tudo para vencer e tem jogado muito bem. Felipão também é um cara experiente”, finalizou.

Crédito: Daniel Oliveira/ Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!