O motivo que levou Pique a China em meio a temporada europeia

O motivo que levou Piqué à China em meio à temporada europeia

Zagueiro do Barcelona aproveitou os dias de folga para ir ao país acompanhar o Masters 1000 de tênis de Xangai; ida do jogador à Ásia foi bastante comentada pela imprensa espanhola

Blog da Redação

Após receber quatro dias de folga do técnico Ernesto Valverde por conta da pausa da temporada do futebol espanhol para Data Fifa, Gerard Piqué, que se aposentou da seleção espanhola após a Copa do Mundo da Rússia, aproveitou o período para viajar até Xangai, na China. A viagem do defensor do Barcelona chamou bastante atenção na imprensa espanhola, tendo em vista que o futebol chinês vem apostando forte em contratações, e o diário AS tratou que explicar a situação.

'Guerra Fria' no cage: Fedor e Sonnen se encaram no Bellator 208

O defensor de 31 anos viajou até o Oriente, percorrendo algo em torno de 10.000 quilômetros, para poder acompanhar de perto o Masters 1000 de tênis de Xangai, onde grandes nomes do esporte, como o sérvio Novak Djokovic estão na disputa. Como é grande fã da modalidade, Piqué aproveitou o período de descanso para tal.

Bellator, Nascar e SportsCar Championship: o super feriadão do FOX Sports

O motivo de toda a preocupação por parte da imprensa do país está diretamente relacionado ao fato de Javier Mascherano, que até a última temporada atuava no Barça, ter se juntado ao Hebei Fortune, que disputa a elite do futebol do país asiático. Além disso, uma suposta “crise” que vive o clube catalão, que vem de altos e baixos na atual campanha, também trouxe mais relevância à viagem de Piqué.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Saiba mais:

“Vai 20 vezes ao banheiro antes do jogo”, diz Maradona sobre Messi

Oficial: Henry será rival de Neymar no futebol francês

Real Madrid tentou tirar estrela do Barça na última janela de transferências  

Crédito da foto: EFE 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!