Italiano se pronuncia após sofrer cusparada de Douglas Costa: Morrerei hoje se fui racista

Italiano se pronuncia após sofrer cusparada de Douglas Costa: ‘Morrerei hoje se fui racista’

Federico Di Francesco, do Sassuolo, negou que tenha sido racista com o brasileiro, que ficou de fora da convocação de Tite

Blog da Redação

O atacante Douglas Costa foi pivô de uma polêmica no futebol europeu nesta semana. O jogador da Juventus cuspiu no rosto do italiano Federico Di Francesco, do Sassuolo. Em entrevista à Sky Sport, o atleta falou sobre o ocorrido e negou veementemente que tenha sido racista com o brasileiro.

Veja os jogos da La Liga no FOX Premium

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Eu morrerei hoje se tiver dito uma frase racista. Eu não disse uma coisa deste tipo, já falei sobre isso e não quero passar o restante da minha carreira falando sobre isso. Fiquei decepcionado com as frases falsas que foram colocadas nas redes sociais, que me atacaram. São frases muito distantes da educação que recebi”, disse o italiano.

A cusparada custou caro ao brasileiro, que ficou de fora da convocação do técnico Tite para os amistosos que a Seleção Brasileira terá. Douglas ainda foi punido com quatro partidas no Campeonato Italiano.

Saiba mais:

Palmeiras pode perder defensor para 2019

Paquetá está perto de definir o seu destino

Barça quer Pogba e mais dois para o meio

Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!