Aprovação de empréstimo fará Vasco quitar salários de funcionários e impulsionar crescimento

Aprovação de empréstimo fará Vasco quitar salários de funcionários e impulsionar crescimento

Presidente Alexandre Campello falou sobre os vencimentos em atraso e sobre os R$ 7 milhões de prejuízo que o clube teve nesse meio tempo

Gazeta Press

O elenco do Vasco deverá receber nos próximos dias os salários em atraso. O Conselho Deliberativo do clube aprovou um empréstimo para que a atual diretoria possa equilibrar as contas até o fim do ano, honrando os compromissos com o plantel. Os funcionários que ganham mais do que R$ 4 mil também terão seus vencimentos colocados em dia. Os demais não estão com salário em aberto.

O presidente Alexandre Campello havia solicitado o empréstimo no mês passado, porém, o Conselho Deliberativo pediu mais tempo para analisar a necessidade real de fazer novas dívidas, o que irritou o dirigente, uma vez que os juros pelas contas em atraso estavam gerando ainda mais prejuízo. Segundo os cálculos de Campello, o clube perdeu cerca de R$ 7 milhões com esta demora na aprovação do empréstimo.

Tucumán x Grêmio, Boca x Cruzeiro, Colo Colo x Palmeiras, que semana no FOX Sports!

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O atual presidente se comprometeu na reunião a cortar custos na gestão do clube. “Como o dinheiro do empréstimo servirá para nos ajudar a manter a situação sob controle até o fim do ano, vamos precisar trabalhar na melhora da gestão, o que ainda há espaço para gerar receitas”, disse Campello.

Alguns membros do Conselho Deliberativo falaram que a aprovação do empréstimo acabou sendo facilitada pela entrada do time na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Isso por que existia o temor que o elenco, com os salários atrasados, tivesse seu desempenho prejudicado no gramado.

Saiba mais:

Palmeiras terá um 'novo desafio'

Santos dificilmente manterá estrela

Vinicius Júnior de volta ao Flamengo?

Dentro de campo, o elenco começou a preparação para o duelo contra o Bahia, na noite da próxima segunda-feira, às 20h(de Brasília), em São Januário, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Raul, com lesão de grau 2 na coxa direita, vai ficar quatro semanas de fora e virou desfalque, assim como o volante Bruno Silva, que foi parar no hospital após um choque no empate por 1 a 1 com o Flamengo no fim de semana.

O volante argentino Leandro Desábato e o lateral-direito Yago Pikachu, que cumpriram suspensão no clássico, voltam a ficar à disposição. Nesta quarta-feira o elenco vascaíno treina na parte da tarde.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!