Messi chorou que nem um bebê revela ex preparador da Argentina

“Messi chorou que nem um bebê”, revela ex-preparador da Argentina

Elvio Paolorosso fazia parte da comissão técnico de Gerardo Martino

Gazeta Press

Após pedir para não ser convocado pela seleção argentina até o final do ano, Lionel Messi até o momento não conseguiu ser feliz com a torcida do seu país. Finalista da Copa do Mundo de 2014, e de duas edições da Copa América, em 2015 e 2016, a Albiceleste acabou perdendo as três decisões e segue numa sequência de 25 anos sem títulos relevantes.

Veja os jogos da La Liga no FOX Premium

Participante e visto como principal arma argentina nas três finais, Messi parece ter sentido mais o tropeço de 2016, quando a decisão ocorreu nos pênaltis e o craque acabou errando a sua cobrança, fazendo com que o Chile superasse os hermanos por 4 a 2.

Quem garante essa informação é o preparador físico da seleção naquele momento, Elvio Paolorosso, que fazia parte da comissão técnico de Tatá Martino. Segundo ele, Messi permaneceu um bom tempo sozinho nos vestiários para lamentar o resultado.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Às duas da manhã, mais ou menos, encontrei Léo sozinho, completamente sozinho, chorando como um bebê que perdeu a mãe. Ele estava ali deitado, sem ninguém para consolá-lo. Eu fui e o abracei e nós dois lamentamos”, revelou em entrevista ao Marca.

Saiba mais:

Réver explica 'queda' de Paquetá

PSG pode contratar mais uma estrela

Guardiola revela sonhar com seleção

Crédito da foto: Brad Pennet/USA TODAY Sports

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!