Flamenguistas detonam o gramado após empate com o Corinthians

Flamenguistas detonam o gramado após empate com o Corinthians

Os jogadores, no entanto, se mostraram otimista e acreditam na classificação

Gazeta Press

O Flamengo não conseguiu furar o bloqueio do Corinthians nessa quarta-feira (12 de setembro), no primeiro encontro da semifinal da Copa do Brasil. Mesmo com mais de 50 mil pessoas no Maracanã, o rubro-negro ficou mesmo no 0 a 0 com o rival de São Paulo.

Veja os jogos da La Liga no FOX Premium

Na saída de campo, Réver admitiu a dificuldade do Flamengo em finalizar, mas evitou críticas aos atacantes e ressaltou o fato do Corinthians ter jogado o tempo todo apenas para se defender. “Não sei em São Paulo qual vai ser a postura deles”.

Réver afirmou ainda que o Flamengo tem todas as condições de buscar o resultado na partida de volta, em Itaquera, mas pediu concentração no Campeonato Brasileiro, enquanto o reencontro não chega.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Já o volante Cuellar não poupou críticas ao péssimo estado do gramado do Maracanã e garantiu que o campo prejudicou o toque de bola do Flamengo. O colombiano também não negou que sentiu o cansaço por causa do desgaste dos jogos com a seleção se deu país e a viagem de volta ao Brasil. “Não conseguimos o resultado, mas temos time para vencer o próximo jogo”, resumiu.

O meia-atacante Everton Ribeiro usou a questão do gramado para reforçar a sobrevivência do Flamengo Arena Corinthians, já que o palco alvinegro, diferente do estádio carioca, tem um campo em excelente condição.

Crédito da foto: Reuters

Link copiado para a área de transferência!