De volta ao Girona Douglas fala em retornar ao City e corneta ex tecnico Nao estaria aqui

De volta ao Girona, Douglas fala em retornar ao City e 'corneta' ex-técnico: 'Não estaria aqui'

Durante sua coletiva de apresentação ao clube espanhol, a joia revelada pelo Vasco lembrou que não ganhou tantas oportunidades quando comandado por Pablo Machín

Gazeta Press

Independentemente de sua vontade própria, e também da de Pep Guardiola, Douglas Luiz disputará mais uma temporada em empréstimo do Manchester City ao Girona. Na coletiva de apresentação, porém, o volante prometeu lutar com todas as forças para se firmar na equipe, a fim compensar a apagada experiência de seu primeiro ano no futebol espanhol.

Palmeiras x Cruzeiro e Flamengo x Corinthians no FOX Sports

“A temporada passada não foi uma temporada para mim. Não penso apenas nisso, o mais importante é o grupo, mas voltei para mudar o cenário do meu primeiro ano e aproveitar a nova oportunidade”, afirmou o meio-campista de 20 anos de idade, que só não permaneceu na Inglaterra porque teve seu visto de trabalho negado pela Federação Inglesa. “Minha prioridade era continuar em Manchester, mas não me resta nada além de levantar a cabeça e seguir forte para que isso aconteça na próxima temporada”, completou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Em sua primeira campanha no time catalão, Douglas teve um desempenho aquém das expectativas, disputando 17 jogos, sendo apenas um titular. Antes de ser reapresentado oficialmente, o volante chegou a fazer uma partida pelo time do Montilivi, em que atuou à frente da linha de zaga. Sobre suas características dentro de campo, o brasileiro admitiu não ter preferência de posição e estar inclinado a ajudar o técnico Eusébio Sacristán como o mesmo preferir.

“Creio que, por minhas qualidades, posso exercer qualquer função no meio do campo. Já falei com o mister e vou atuar onde ele achar melhor”, apontou o jogador, que reconhece que, caso Pablo Machín, técnico do Girona na última temporada, continuasse no comando, ele provavelmente não teria voltado. “Provavelmente eu não estaria aqui. Mas o importante é que retorno ao clube com muita confiança e vontade de jogar”, completou.

Após três rodadas do Campeonato Espanhol 2018/2019, o Girona soma quatro pontos, com uma vitória, um empate e uma derrota de campanha. Em sua quarta partida, programada para ocorrer na próxima segunda-feira, o time catalão encara o Celta de Vigo, equipe que ainda não perdeu na competição nacional.

Saiba mais:

Paquetá e Dedé jogam nas semifinais?

Willian abre o jogo sobre o seu futuro

Neymar detona árbitro: "Falta de respeito"

Crédito Foto: reprodução/ Twitter (@GironaFC) 

Link copiado para a área de transferência!