Corinthians rebate Flamengo antes da semi: Tudo mimimi

Corinthians rebate Flamengo antes da semi: "Tudo mimimi"

Diretor de futebol do clube paulista, Duílio Monteiro Alves disparou críticas ao time carioca, que reclamou da arbitragem e da possível escalação de Fagner

Gazeta Press

O Corinthians rebateu as reclamações do Flamengo a respeito da escalação do lateral-direito Fagner, cada vez mais provável após a presença do jogador no treinamento desta terça-feira, no CT Joaquim Grava. Incomodado com as suspeitas que recaíram sobre o grau da lesão na coxa esquerda do atleta, responsável pelo seu corte da Seleção Brasileira, o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, não poupou palavras sobre o assunto.

Palmeiras x Cruzeiro e Flamengo x Corinthians no FOX Sports

“É coisa de 20 anos atrás fazer pressão em arbitragem, foi um sorteio, os times têm que estar prontos para chegar ao estádio e jogar bola. Fora isso é tudo mimimi, nem teve o jogo, não sabemos quem sairá vencedor. Essas reclamações não cabem mais no futebol”, comentou o dirigente, ressaltando que não vê qualquer problema na celeridade do retorno do atleta, previsto para atuar apenas daqui uma semana.

“Assunto do Fagner é simples e claro: ele teve uma lesão, a CBF solicitou exames, foram feitos exames de imagens e outros pedidos pela CBF, o Corinthians enviou e ele foi cortado. Depois disso, vem trabalhando, temos uma grande estrutura, ele fez fisioterapia, em alguns dias trabalhou em três períodos no fim de semana”, explicou, ressaltando que não há problema jurídico no caso.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Temos total segurança para escalá-lo. Ele foi cortado pela CBF, não foi um pedido de desconvocação do próprio atleta, como esse artigo prevê. Estamos tranquilos quanto a isso e trabalhando para que ele jogue amanhã (quarta)”, continuou Duílio, pedindo que o rival diminua o tom sobre o caso.

“Tem um certo exagero. Isso já passou, não é mais tempo disso, de pressionar a arbitragem antes de jogo. Os árbitros erram para os dois lados, o Corinthians já foi beneficiado e prejudicado, o Flamengo igual. Esse tipo de pressão criticando sorteio não tem nada a ver. Os times têm que jogar bola. Na Copa do Brasil tem o VAR. Essa pressão não cabe mais no futebol”, concluiu.

Saiba mais:

Palmeiras tem marca incrível com Felipão em mata-mata

Lisca revela o time que jamais treinaria: 'Impossível'

Mano é o trunfo do Cruzeiro na Copa do Brasil

Crédito Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians

Link copiado para a área de transferência!