Vasco afirma estar em dia com Wagner e vai recorrer da decisão que liberou o jogador

Vasco afirma estar em dia com Wagner e vai recorrer da decisão que liberou o jogador

De acordo com nota oficial emitida pelo clube, o Cruzmaltino fez um acordo com a Caixa Econômica Federal para o parcelamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)

FOX Sports

O Vasco emitiu uma nota oficial na tarde desta terça-feira (11 de setembro), para explicar o caso do meia Wagner, que conseguiu rescisão contratual na Justiça, alegando atraso no pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Segundo o clube, um acordo feito no dia 30 de agosto com a Caixa Econômica Federal parcelou o débito. O Cruzmaltino afirma, então, que não há atraso nos pagamentos.

Ainda segunda a nota emitida, devido ao suposto erro no caso, o Vasco irá recorrer da decisão que liberou o atleta do contrato com o Cruzmaltino.

Palmeiras x Cruzeiro e Flamengo x Corinthians no FOX Sports

Confira abaixo a nota oficial do Vasco:

Nota Oficial

Em relação à notícia veiculada nesta terça-feira (11/09) de que o atleta Wagner conseguiu rescisão imediata de seu contrato com o Club, o Vasco da Gama esclarece:

1) O clube firmou acordo com a Caixa Econômica Federal no dia 30 de agosto para o pagamento parcelado do Fundo de Garantia (FGTS) de todos os funcionários. Portanto, não há atraso já que o parcelamento foi formalizado antes do ajuizamento da ação.

2) Diante do fato de o FGTS do referido atleta não estar em atraso e, portanto, do entendimento de que as provas usadas por ele e que serviram de base para a concessão da liminar não foram completas, inclusive induzindo o juízo a erro, o Departamento Jurídico do Vasco vai recorrer da decisão.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Saiba mais:

Palmeiras tem marca incrível com Felipão em mata-mata

Lisca revela o time que jamais treinaria: 'Impossível'

Mano é o trunfo do Cruzeiro na Copa do Brasil

Crédito Foto: EFE

Link copiado para a área de transferência!