Justiça determina rescisão de contrato do meia Wagner com o Vasco por atraso de salário

Justiça determina rescisão de contrato do meia Wagner com o Vasco por atraso de salário

O juiz Lucas Furiati Camargo, da 44ª vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou a liberação do atleta. Wagner pediu tutela de urgência no caso, uma vez que a janela do país fecha no dia 13 de setembro

FOX Sports

Afundado em uma crise técnica e financeira, o Vasco da Gama deve receber mais um duro baque em breve. O meia Wagner foi a Justiça alegando atrasos salariais e uma proposta do Al Khor, do Catar. O juiz Lucas Furiati Camargo, da 44ª vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou a liberação do atleta. Wagner pediu tutela de urgência no caso, uma vez que a janela do país fecha no dia 13 de setembro.

Palmeiras x Cruzeiro e Flamengo x Corinthians no FOX Sports

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O Juiz explicou ainda na decisão que o artigo 31 da Lei 9.615/98 prevê a possibilidade de rescisão contratual em caso de atraso no pagamento de salário ou de direito de imagem de atleta profissional, no todo ou em parte, por período igual ou superior a três meses. Caso esse pagamento não seja realizado, o atleta tem o direito de acionar a Justiça e ficar livre para atuar em outro clube.

Saiba mais:

Barça pensa em manter Paquetá no Fla

Corinthians pode ter mudança no ataque

Juventus quer contratar mais 2 estrelas

Para conseguir a rescisão, Wagner alega que seu FGTS não foi recolhido em: janeiro/2017, março/2017, abril/2017, maio/2017, junho/2017, julho/2017, agosto/2017, setembro/2017, outubro/2017, novembro/2017, dezembro/2017, janeiro/2018, março/2018, maio/2018, junho/2018, julho/2018, agosto/2018. Todas as informações são do portal Globoesporte.com.

Crédito da foto: Carlos Gregório/Vasco.com.br

Link copiado para a área de transferência!