Vice de futebol do Inter responde Renato, relembra jejum rival e crava: Ninguém pediu arrego

Vice de futebol do Inter responde Renato, relembra jejum rival e crava: ‘Ninguém pediu arrego’

Roberto Melo não deixou barato as duras declarações de Renato Gaúcho e respondeu o treinador do Grêmio. Veja tudo

FOX Sports

A vitória por 1 a 0 do Internacional em cima do Grêmio acabou sendo ofuscada por causa da confusão generalizada na saída dos atletas, na porta do vestiário do time da casa. Após o técnico Renato Gaúcho fazer uma série de acusações e atacar o Internacional (clique aqui e veja tudo), Roberto Melo, vice-presidente de futebol do Colorado, respondeu o treinador.

“Respeito o Renato, mas isso não contribui em nada para a paz no estádio, nem para o ambiente de torcedores. Acho lamentável depois de um grande jogo. Quem não sabe perder, não sabe porque ganha”, disse o dirigente, que ainda relembrou a acusação por parte dos gremistas, que teriam dito que os Colorados haviam pedido ‘arrego’ no início do ano para os azuis de Porto Alegre.

Veja os jogos da La Liga no FOX Premium

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Por parte da direção, jamais houve pedido de arrego. Assim como fomos rebaixados com dignidade e passamos por toda a dificuldade da Série B, hoje estamos aqui com toda a humildade do mundo ponto a ponto. Se houve conversa entre os atletas na época, não posso te garantir. O que eu posso te garantir é que houve musiquinhas dentro do vestiário. Tem que ter grandeza para perder e para ganhar”, completou.  

Saiba mais:

Palmeiras x Corinthians: veja prováveis escalações

Zidane já tem lista com 4 estrelas caso vá para United

Flamengo atualiza a situação médica de atacante

“Quando a gente perdeu lá de 3 a 0, teve alguma confusão? Alguém tentou invadir vestiário? No Grenal que vencemos de 2 a 0 aqui, teve jogador tentando invadir a sala de antidoping. O problema está do lado de lá. Temos que valorizar a nossa vitória, e que o Renato aprenda a perder. Nunca teve provocação do lado de cá. Em 15 anos em que ganhamos tudo e o Grêmio sem disputar nada importante, nunca aconteceu. É um desrespeito com a instituição”, finalizou o dirigente.

Crédito: Raul Pereira/ Fotoarena

Link copiado para a área de transferência!