Alfinetada em CR7 Sergio Ramos diz que Modric merece o The Best Outros têm mais marketing

Alfinetada em CR7? Sergio Ramos diz que Modric merece o The Best: “Outros têm mais marketing”

Além de dar seu palpite sobre a eleição do melhor do mundo na temporada 2017/18, o zagueiro comentou a forma como foi recebido pela torcida inglesa e a ausência de Piqué

FOX Sports

Após a vitória por 2 a 1 da Espanha sobre a Inglaterra, o zagueiro Sergio Ramos falou com a imprensa na zona mista do estádio de Wembley, em Londres. Durante a conversa, o defensor que teve a oportunidade de estar em campo com os três finalistas do prêmio FIFA The Best na final da UEFA Champions League, apontou o croata Luka Modric como seu favorito para ser eleito o melhor do mundo.

Veja os jogos da La Liga no FOX Premium

“Já vamos saber (o vencedor). É um grande amigo, e, além disso, tem poucos que me deixem tão orgulhoso de tê-los no meu time. É um grandíssimo craque. É um dos poucos que, se ganhar, vai me deixar tão feliz como se estivessem dando para mim. Talvez tenha alguns jogadores com mais marketing, com mais nome, mas Modric merece o prêmio”, afirmou o jogador do Real Madrid, que deixou no ar uma possível alfinetada em CR7, seu ex-companheiro de equipe.

Além da premiação que ocorrerá no próximo dia 24 de setembro, Ramos também falou sobre a forma como foi tratado pela torcida inglesa. Considera por muitos como o culpado pela lesão do egípcio Mohamed Salah na final da Champions, o jogador foi hostilizado durante a partida contra a Inglaterra.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Você tenta evitar. No final você sente, mas me mantenho a margem de tudo. Não influencia no meu jogo ou qualquer coisa. Eu gostaria que houvesse outro tipo de recepção, porque as pessoas lembram do ocorrido na final, mas ninguém se lembra das ameaças de morte que a minha família recebeu. É uma questão muito sensível que as pessoas vão, talvez, fazer piada. Minha consciência está muito tranquila”, afirmou o zagueiro, que encerrou a entrevista comentando a ausência de Gerard Piqué, que no último dia 11 de agosto anunciou sua aposentadoria da seleção espanhola.

“Pique tem sido um grandíssimo zagueiro. Ele tem dado muito ao seu clube e à seleção, e é um jogador que faz a diferença. Mas temos que olhar para o futuro e não para o passado. Estamos gratos pelo que ele fez, mas há pessoas que podem substituir ele. Hoje o Nacho se saiu muito bem. Ninguém é imprescindível, mas é verdade que Piqué fez um trabalho esplêndido”, decretou.

Saiba mais:

Palmeiras x Corinthians: veja prováveis escalações

Zidane já tem lista com 4 estrelas caso vá para United

Flamengo atualiza a situação médica de atacante

Crédito da foto: EFE

Link copiado para a área de transferência!