CR7 ou Messi Paquetá escolhe o seu preferido e revela equipe europeia que gostaria de jogar

CR7 ou Messi? Paquetá escolhe o seu preferido e revela equipe europeia que gostaria de jogar

O meia do Flamengo foi o convidado do programa Aqui Com Benja desta semana

FOX Sports

Lucas Paquetá foi o convidado do Aqui com Benja desta semana – o programa será reprisado no FOX Sports neste domingo (12 de agosto), às 10h – e fez diversas revelações. Questionado pelo apresentador Benjamin Back se prefere Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo, o meia do Flamengo não se escondeu.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Eu fico com o Messi. Respeitando toda a história do Cristiano Ronaldo, que é muito decisivo”, disse o jovem, que contou ter um carinho especial pelo Barcelona e revelou que gostaria de um dia atuar pela equipe catalã.

“Meu sonho sempre foi jogar no Flamengo e conquistar títulos, marcar. É claro que jogar na Europa também é um sonho. Sempre acompanhei muito. A liga inglesa é muito forte, o Real Madrid é um grande time, mas lá de fora, o time que sempre tive um carinho maior é o Barcelona, pela forma de jogar, pelo Ronaldinho, Neymar, Messi, sempre grandes jogadores. É um clube em que eu gostaria de jogar”, afirmou Paquetá.

O camisa 11 Rubro-Negro ainda falou da sua relação com Neymar e desconversou ao ser perguntado se iria para o Paris Saint-Germain caso fosse convidado pelo camisa 10 da Seleção Brasileira.

Veja os jogos da La Liga no FOX Premium 

“Atualmente eu sou muito fã dele, é meu ídolo. Antes eu acompanhava mais o Kaká, hoje é o Neymar, melhor jogador do nosso país. Já conversamos umas vezes no Instagram. Ele dizendo que estava acompanhando, porque nos encontramos na Seleção Olímpica. Foi super gente boa, atencioso”, contou o meia, que disse achar que a mídia exagera ao falar do atacante.

“Sim, tem, concordo. Ele leva uma responsabilidade, é o melhor jogador do nosso país. Vai ser sempre cobrado, sempre questionado. Sim, tem esse exagero. Mas quando ele entra em campo, ele coloca para fora o que sabe, e diverte as pessoas. É muito bom vê-lo jogar. É claro, não fez uma boa Copa. Veio de lesão, três meses sem jogar, mas dentro das circunstâncias, ele até evoluiu dentro da competição”, completou.

Crédito: Gilvan de Souza/Flamengo

Link copiado para a área de transferência!