TST nega pedido e mantém bloqueio de RS 200 milhões ao Palmeiras e a Scarpa

TST nega pedido e mantém bloqueio de R$ 200 milhões ao Palmeiras e a Scarpa

Alexandre Agra Belmonte, do TST, teve sua decisão publicada nesta terça-feira. O magistrado entendeu ainda que o caso deve ir à segunda instância do TST, justamente no qual a ação está sendo tramitada

FOX Sports

A novela envolvendo Palmeiras, Fluminense e Gustavo Scarpa ganha mais um capítulo e parece estar longe de um desfecho. Na manhã desta quarta-feira, o Tribunal Superior do Trabalho negou o pedido do meio-campista e manteve o arresto dos R$ 200 milhões, valor da multa rescisória do meia com o Fluminense, ao atleta e ao Palmeiras. O pedido foi concedido ao time carioca na sexta-feira.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Alexandre Agra Belmonte, do TST, teve sua decisão publicada nesta terça-feira. O magistrado entendeu ainda que o caso deve ir à segunda instância do TST, justamente no qual a ação está sendo tramitada. O bloqueio do valor é uma espécie de seguro ao Fluminense, que viu o atleta rescindir o contrato e se transferir ao Palmeiras.

O atleta foi relacionado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, mas a tendência é que fique no banco de reservas no duelo diante do Cerro Porteño, nesta quinta-feira, pela partida de ida das oitavas de final da Conmebol Libertadores.

Link copiado para a área de transferência!