Chelsea empata de novo, mas vence o Lyon nos pênaltis

Chelsea empata de novo, mas vence o Lyon nos pênaltis

O veterano goleiro Robert Green, de 38 anos, contratado para ser a terceira opção na meta, defendeu o chute de Pape Diop, que deu a vitória aos ingleses

Gazeta Press

Não adiantou ter seu torcedor ao lado. No estádio Stamford Bridge, o Chelsea não passou de um 0 a 0 com o Lyon na noite dessa terça-feira. O terceiro e último compromisso pela Copa Internacional dos Campeões acabou com o terceiro empate dos ingleses. Nos pênaltis, porém, os Blues fizeram a alegria de seus fãs com uma vitória por 5 a 4. O veterano goleiro Robert Green, de 38 anos, contratado para ser a terceira opção na meta, defendeu o chute de Pape Diop.

Antes de receber o Lyon, o Chelsea já havia empatado com a Internazionale e com o Arsenal. Venceu os italianos e perdeu para os rivais diante da marca da cal. Já os franceses, antes do confronto dessa noite, venceram o Benfica e perderam para a Inter pelo mesmo torneio.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Agora, ambas as equipes se concentram nas ligas locais, que enfim vão recomeçar. O primeiro desafio do Chelsea na Premier League está marcado para sábado, às 11h (de Brasília), contra o Huddersfield, fora de casa. O Lyon joga no dia seguinte pela Ligue 1, em casa, às 10h, contra o Amiens.

O técnico italiano Maurizio Sarri começou a partida com um time misto entre prováveis titulares e alguns que devem iniciar a temporada entre os suplentes do Chelsea. Os brasileiros Willian e Emerson Palmieri eram as grandes apostas e concentravam as principais jogadas ofensivas dos Blues.

Colo-Colo x Corinthians, Grêmio exclusivo e muito mais na semana do FOX Sports

Apesar de ditar o ritmo e controlar as ações, os donos da casa não conseguiram vencer o forte sistema defensivo da equipe francesa, que assustou apenas uma vez, em raro momento de ataque.

Aos poucos, na segunda etapa, Sarri foi mudando o Chelsea até completar 11 substituições. Primeiro, saíram Drinkwater, Bakayoko e Loftus-Cheek para as entradas de Jorginho, Kanté e Barkley. Brasileiro naturalizado italiano, Jorginho foi contratado recentemente a pedido de Sarri, que comandou o volante no Napoli.

Pouco depois, Piazon, outro brasileiro, Giroud e Hazard entram em campo nos lugares de Willian, Abraham e Moses. Hazard, como era de se esperar, foi ovacionado pela torcida dos Blues.

E, por fim, Bulka, Zappacosta, Christensen, Ampadu e Emerson deram chances a Green, Azpilicueta, Cahill, Rüdiger e Alonso.

Saiba mais:

Jornal: Chelsea fecha com meia do Real

'Mbappé pode alcançar Pelé e Maradona'

Guerrero na mira de mais uma equipe

O Lyon, por sua vez, com Marcelo e Rafael em seu elenco, fez apenas seis trocas e manteve o mesmo estilo de jogo até os minutos finais. Os franceses seguraram o 0 a 0 e levaram a disputa amistosa para os pênaltis.

Na marca da cal, apenas Pape Diop desperdiçou sua cobrança, logo a quinta dos visitantes. O goleiro Robert Green foi o grande herói da noite para os Blues. Hazard bateu o último pênalti e decretou o triunfo dos donos da casa.

Link copiado para a área de transferência!