Mario Gomez anuncia aposentadoria da Alemanha e diz condição para voltar

Mario Gomez anuncia aposentadoria da Alemanha e diz condição para voltar

Aos 33 anos, atacante usou as redes sociais para se despedir da seleção, mas deixou a porta a aberta caso o treinador necessite da sua ajuda

Gazeta Press

Neste domingo (5 de agosto), o atacante Mario Gomez anunciou que não vestirá mais a camisa da seleção alemã. Aos 33 anos, o jogador utilizou as redes sociais para emitir um comunicado confirmando sua saída da equipe comandada por Joachim Low.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“O meu tempo na ‘Nationalmannschaft’ nem sempre foi fácil, em termos esportivos, nem sempre bem-sucedido, mas sempre foi maravilhoso. É hora de abrir espaço e dar chance a muitos jovens de grande talento, para que realizem seus sonhos”, afirmou o atacante.

No entanto, mesmo com o texto de adeus, o experiente centroavante admitiu que não iria rejeitar uma próxima convocação de Low. “Só se o treinador, faltando dois anos para a Eurocopa, ver necessidade, por razões improváveis. Ainda me sinto em forma para poder ajudar. Estarei pronto”, completou.

Pela Alemanha, Mario Gomez fez 78 jogos e fez 31 gols. Disputou duas Copas do Mundo, em 2010 e 2018 e três Eurocopas (2008, 2012 e 2016). No Mundial da Rússia foi reserva, e entrou nas três partidas do time, contra México, Suécia e Coréia do Sul. Porém não balançou as redes.

Em clubes, o veterano se destacou no Stuttgart, até chegar ao Bayern de Munique. Depois, caiu de produção e não teve uma grande passagem pela Fiorentina. Foi emprestado ao Besiktas, da Turquia. Retornou ao futebol alemão para vestir a camisa do Wolfsburg e voltou ao Stuttgart.

Saiba mais:

Vinícius Jr. dá assistência em vitória do Real

Flamengo suspende pagamento de dívida do passado

Leila poderá ser presidente do Palmeiras em 2021

Crédito Foto: Reprodução Instagram

Link copiado para a área de transferência!