Presidente da Fifa revela que VAR foi utilizado em 440 situações de jogo

Presidente da Fifa revela que VAR foi utilizado em 440 situações de jogo

Utilização do vídeo foi a grande novidade do Mundial da Rússia. Auxílio aos árbitros diminuiu drasticamente o número de erros na Copa

EFE

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, revelou nesta sexta-feira que o sistema de videoarbitragem (VAR) foi utilizado em 440 ocasiões na Copa do Mundo e gerou revisão de 19 jogadas, das quais 16 foram consideradas decisões corretas pela entidade.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"A palavra é progresso. É melhor que no passado. O VAR não mudou o futebol, o tornou mais limpo. Fez do futebol mais honesto e transparente e ajudou os árbitros a adotarem decisões corretas", afirmou Infantino na entrevista coletiva, na qual foi feito um balanço da Copa.

"As 16 decisões que foram mudadas passaram de 16 decisões erradas para 16 decisões acertadas. O VAR acabou com os gols em impedimento no futebol", completou o dirigente.

O mandatário da federação destacou também a mudança de postura dos jogadores em campo, afirmando que eles estão menos violentos porque sabem que estão sendo vigiados por câmeras. Por fim, ele se esquivou da pergunta sobre se a Uefa vai adotar o VAR.

"Faz dois anos que deixei a Uefa, são outros que precisam tomar esta decisão agora", limitou-se a dizer. 

O FOX Sports transmite ao vivo todos os jogos da Copa do Mundo da Rússia. Para acompanhar todas as notícias do Brasil e das outras seleções, confira a página especial do FOXSports.com.br.

Link copiado para a área de transferência!