Atlético MG usou tempo a favor e faturou mais de RS 11 milhões em negociação por Roger Guedes

Atlético-MG usou tempo a favor e faturou mais de R$ 11 milhões em negociação por Roger Guedes

Por conta dos problemas de contrato e o fuso horário, o time mineiro faturou uma bolada acima do esperado apenas para 'não atrapalhar' a negociação com o Shandong Luneng

Gazeta Press

O tempo foi o fator fundamental para o Atlético conseguir um lucro inesperado no caso da venda do atacante Roger Guedes. O jogador foi vendido pelo Palmeiras ao Shandong Luneng, da China, por 9,5 milhões de Euros (cerca de R$ 43 milhões), em negociação concluída nessa quinta-feira.

O Shandong estava focado em contratar Dudu. A proposta salarial agradou tanto o atleta palmeirense que o avante pediu a diretoria paulista para deixar a agremiação por algo único. O Palmeiras não liberou. Diante disso, o clube asiático voltou suas atenções a outro atleta.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Roger Guedes entrou no radar nesta quinta-feira. No entanto, o tempo era curto. A janela de transferências para a China fecha nesta sexta-feira (13). Além disso, a China está com fuso horário de 11 horas a frente, algo que pode ser um fator que atrapalha.

Com essas informações, e com o contrato de empréstimo em mãos, o clube mineiro usou as cláusulas para ganhar dinheiro. No vínculo, o Galo tinha 72 horas para responder a investida. Todavia, o tempo que o documento estabeleceu atrapalharia os planos do Shandong, pois não daria tempo de concretizar toda burocracia da transferência. Para evitar problemas, o clube “ganhou” 2,5 milhões de euros em negociação que envolveu o Palmeiras e Criciúma.

Ou seja, apenas para não atrapalhar, o Atlético levou R$ 11,3 milhões. O Criciúma lucrou pouco mais que o Galo, cedeu parte dos seus 75%, ficou com 27,74% e levou 2,63 milhões (R$ 12 milhões). Já o Palmeiras ficou com a maior fatia, 45,26%, liberando o atleta por 4,3 milhões de euros (R$ 19,5 milhões). O Galo, inclusive, fez questão de ressaltar que isso não muda em nada a situação de Marcos Rocha, liberado também por empréstimo ao Palmeiras, em janeiro de 2018. O ala segue no Verdão e, caso siga lá, os mineiros recebem 2 milhões de euros.

Vale lembrar que há pouco tempo, por problemas de comportamento, Roger Guedes quase foi devolvido pelo Atlético e, se não fosse os líderes do grupo, o atacante não teria permanecido em Belo Horizonte. Hoje, Guedes deixa o clube como artilheiro do Campeonato Brasileiro e valorizado.

O FOX Sports transmite ao vivo todos os jogos da Copa do Mundo da Rússia. Para acompanhar todas as notícias do Brasil e das outras seleções, confira a página especial do FOXSports.com.br.

Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

Link copiado para a área de transferência!