Nenê não descarta se aposentar no São Paulo: É uma ideia

Nenê não descarta se aposentar no São Paulo: “É uma ideia”

Apesar do pensamento em parar de atuar no futebol no São Paulo, o meia ainda não sê vê em um momento de encerrar a carreira

Gazeta Press

Prestes a completar 37 anos, Nenê se vê longe da aposentadoria. Principal jogador do São Paulo na primeira parte da temporada 2018, o meia afasta os pensamentos sobre encerrar a sua carreira como atleta, mas não descarta fazê-lo no clube de coração.

Artilheiro da equipe na temporada com 10 gols, o camisa 7 tem demonstrado boa forma física. Com raros problemas físicos, ele soma 29 jogos no ano, ficando atrás somente de Sidão no elenco. O veterano, contratado em janeiro, tem vínculo com o Tricolor até dezembro de 2019.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Não pensei em nada disso ainda. Sou um cara novo ainda [risos], então não pensei nisso ainda, não. Mas é uma ideia. Mas ainda tem muito chão pela frente. Espero que eu possa parar depois do 40 e vamos ver se eu consigo ser um segundo Zé (Roberto)”, desafiou-se Nenê.

Presente no lançamento dos novos uniformes do Tricolor, Nenê também comentou o bom momento do time na temporada. Passadas 12 rodadas, o São Paulo ocupa o terceiro lugar do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos, apenas quatro a menos que o líder Flamengo. Além disso, a equipe está classificada para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

De acordo com ele, para manter o bom desempenho após a Copa do Mundo, o time precisa seguir com “as mesmas vontades e determinação. É claro que nos primeiros jogos, não sei se vamos estar no mesmo ritmo. Mas não vão faltar vontade e determinação. O treinador sempre nos pede para não deixar cair, porque às vezes relaxa um pouco. Nisso ele está fazendo realmente um trabalho muito bom. Para brincar na hora certa e na hora do vamos ver, a gente realmente dá de tudo pelo melhor do clube”.

A confiança para a sequência das competições, segundo Nenê, passa pela manutenção do elenco. Até agora, durante a janela de transferências, o São Paulo só vendeu Petros e emprestou Júnior Tavares e Bruno. Já Valdívia e Marcos Guilherme foram negociados pelos seus ex-clubes – Internacional e Atlético-PR, respectivamente. Em compensação, se reforçou com o meia-atacante Joao Rojas e com o lateral direito Bruno Peres.

“Nosso time perdeu poucas peças, mas já se reforçou, a base se manteve. Teve só uma mudança do time titular do último jogo. Então, acredito que isso vai ser muito importante para a gente, para manter o entrosamento que a gente vinha tendo. É só voltar o entrosamento de ritmo dos jogos o mais rápido possível para atuarmos da mesma maneira que antes”, concluiu.

O primeiro compromisso do Tricolor após o término do Mundial da Rússia será diante do Flamengo, na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O FOX Sports transmite ao vivo todos os jogos da Copa do Mundo da Rússia. Para acompanhar todas as notícias do Brasil e das outras seleções, confira a página especial do FOXSports.com.br.

Crédito: Maurício Rummens/ Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!