Técnico da Rússia defende atacante que cobrou pênalti com cavadinha

Técnico da Rússia defende atacante que cobrou pênalti com "cavadinha"

Seleção dona da casa foi eliminada na disputa da marca da cal para a Croácia, nas quartas de final da Copa do Mundo

EFE

O técnico da seleção russa, Stanislav Cherchesov, evitou criticar atacante Fyodor Smolov, que perdeu a primeira cobrança de pênalti na decisão com a Croácia, pelas quartas de final da Copa do Mundo, ao bater com "cavadinha".

"Ele mesmo decidiu cobrar assim. Ninguém se ofereceu. Assim, foi contra a Espanha e hoje", disse o comandante dos anfitriões, em entrevista coletiva após a partida.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Smolov, que entrou no decorrer da segunda etapa, vem sendo muito criticado na Rússia, por causa do estilo de cobrança, que acabou saindo fraca e foi defendida pelo goleiro croata Danijel Subasic.

Outro a desperdiçar penalidade foi o lateral-direito brasileiro Mario Fernandes, que havia balançado as redes na prorrogação. Cherchesov defendeu os jogadores e garantiu que escolheu os que estavam "prontos".

A Croácia, depois de empate em 2 a 2 nos 120 minutos de bola rolando, venceu por 4 a 3 na disputa de tiros da marca fatal e se classificou para enfrentar a Inglaterra, nesta quarta-feira (11 de julho), em Moscou.

O FOX Sports transmite ao vivo todos os jogos da Copa do Mundo da Rússia. Para acompanhar todas as notícias do Brasil e das outras seleções, confira a página especial do FOXSports.com.br.

Saiba mais:

CBF quer permanência de Tite

Palmeiras vende jovem para a Roma

"Chega a dar pena do Neymar"

Crédito da foto: EFE

Link copiado para a área de transferência!