Florentino Pérez detona federação por demitir Lopetegui e aponta perseguição ao Real

Florentino Pérez detona Federação por demitir Lopetegui e aponta perseguição ao Real

Treinador foi desligado às vésperas da estreia espanhola na Copa do Mundo após seu acerto com o clube de Madrid ter sido revelado

FOX Sports

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, detonou a Federação Espanhola de Futebol por demitir o treinador Julen Lopetegui às vésperas da estreia da seleção na Copa do Mundo, nesta sexta-feira (15 de junho), contra Portugal. A decisão aconteceu após o ex-comandante da Fúria acertar com o time campeão europeu para depois do Mundial da Rússia. Para o cartola, toda a polêmica se dá por perseguição ao clube madrienho.

“A decisão de demitir Lopetegui é uma reação absurda de orgulho ferido, alimentada por aqueles que utilizam qualquer desculpa para desprestigiar o Real Madrid”, criticou Florentino, relembrando outros casos que treinadores acertaram com clubes enquanto dirigiam seleções. “Foi uma resposta desproporcional, injusta e sem precedentes. Os meios ignoraram casos anteriores: Kubala, Miljanic, Scolari... Treinadores que firmaram com clubes com antecedência e, inclusive, durante um grande torneio, mas nenhum desses clubes foram o Madrid e nenhum dos casos as seleções se viram afetadas. O Real Madrid sempre esteve orgulhoso de ter contribuído com os êxitos da seleção”, disse o presidente.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Florentino ainda convocou os torcedores do Real para combaterem as pessoas que, segundo o cartola, querem prejudicar o clube da capital espanhola. “Não patrico vitimismo, mas chegado o momento, convido todos os madridistas a unirmos contra os que só buscam danar a imagem de nosso clube, ainda que estejamos vivendo uma das etapas mais extraordinárias da nossa história”.

Para finalizar, o mandatário explicou como se deu a negociação entre treinador e Real Madrid, afirmando que a decisão de divulgá-la foi uma questão de transparência. “Chegamos a um acordo e decidimos fazê-lo público como ato de transparência antes do Mundial, para não prejudicar o trabalho da seleção durante o campeonato. Não há precedentes na história do futebol um treinador que tenha chegado a um acordo com um clube e este acordo tenha sido um ato de deslealdade com a seleção. Não há nenhum motivo para que Lopetegui não esteja amanhã dirigindo a seleção”, encerrou Florentino.

O FOX Sports transmite ao vivo os 64 jogos da Copa do Mundo da Rússia a partir do dia 14 de junho. Para acompanhar todas as notícias do Brasil e das outras seleções, confira a página especial do FOXSports.com.br

Saiba mais:

Ex-Real assume a Seleção da Espanha

Palmeiras pode ter reforços e 'barca'

Lopetegui pode ter 1° reforço no Real

Crédito da foto: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!