Bilionaria e mais cara selecao da Copa tem perseguido mas que esta com moral com o tecnico

Bilionária e mais cara seleção da Copa tem "perseguido", mas que está com moral com o técnico

Na coletiva de imprensa desta segunda-feira (11), em Moscou, Didier Deschamps defendeu o goleiro Hugo Lloris das críticas que vem recebendo

José Ricardo Leite

Quem pensa que só os torcedores brasileiros cobram muito os jogadores de sua seleção e chegam a ser ácidos em suas análises está enganado. A França, a seleção mais cara da Copa, tem sofrido com críticas a um de seus titulares.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

A equipe avaliada em R$ 4,2 bilhões, segundo o site especializado Transfermarket.com, vê muitas críticas no país ao goleiro Lloris, do Tottenham, que além de ser o preferido para a posição é o escolhido para ser capitão do time pelo técnico Didier Deschamps.

As atuações do arqueiro de 31 anos nos dois últimos amistosos (empate em 1 a 1 com os Estados Unidos e vitória por 3 a 1 sobre a Itália) geraram desconfiança sobre sua titularidade.

Mas, nesta segunda-feira (11 de junho), em Moscou, o técnico Didier Deschamps foi taxativo e deu total apoio ao goleiro.

“Goleiro é uma posição ingrata...O posto de goleiro é frequentemente alvo de críticas. Somos um pouco mais incisivos do que com um jogador de linha. Ele (Lloris) pode ter o direito de falhar. Hugo tem a experiência, ele já viu isso (receber críticas) acontecer com outros, acontece. É melhor que isso (críticas) aconteça antes”, começou falando Deschamps, que comentou sobres os gols sofridos para a Itália e Estados Unidos.  

“Quanto ao gol sofrido contra a Itália, em Nice, havia muitos marcadores na sua frente e ele teve pouco tempo para se organizar. E contra os EUA, ele poderia ter feito melhor”, completou.

Em sua última temporada pelo Tottenham, clube que defende desde 2012, Lloris entrou em campo em 43 partidas e sofreu exatos 43 gols, média de um jogo. Já na seleção francesa, foram quatro atuações e seis gols sofridos, média 1,5 gol.

Na Copa, a França está ao lado de Dinamarca, Peru e Austrália no Grupo C.

O FOX Sports transmite ao vivo os 64 jogos da Copa do Mundo da Rússia a partir do dia 15 de junho. Para acompanhar todas as notícias do Brasil e das outras seleções, confira a página especial do FOXSports.com.br.

Saiba mais:

Torcida do Fla se anima com ídolo

Brasileiro deixará o Barcelona

Miranda pode deixar a Inter de Milão

Crédito foto: EFE 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!