São Paulo reencontra o Atlético PR com sete mudanças do último duelo

São Paulo reencontra o Atlético-PR com sete mudanças em relação ao último duelo

A partida deste sábado (9 de junho) ocorre 51 dias depois do empate por 2 a 2, no Morumbi, resultado que culminou na eliminação do Tricolor na quarta fase da Copa do Brasil

Gazeta Press

A Arena da Baixada receberá na tarde deste sábado (9 de junho) o terceiro encontro entre Atlético-PR e São Paulo no ano. O duelo ocorre 51 dias depois do empate por 2 a 2, no Morumbi, resultado que culminou na eliminação do Tricolor na quarta fase da Copa do Brasil. Desde então, contudo, muitas coisas mudaram no time dirigido por Diego Aguirre.

Entre elas o esquema tático. No dia 19 de abril, precisando reverter uma desvantagem de 2 a 1, o São Paulo jogou com três zagueiros. O sistema até funcionou no início da partida, quando os mandantes abriram 2 a 0 no placar. Mas não caiu nas graças do treinador uruguaio, que voltou a repeti-lo só mais três vezes. Nos últimos sete compromissos, por sinal, a linha defensiva com quatro homens ganhou força e a preferência do comandante.

As peças também são outras. Em relação à escalação são-paulina do último confronto, há a probabilidade de Aguirre trocar sete delas. Seriam mantidos apenas Sidão, Militão, Jucilei e Nenê. E entrariam Anderson Martins, Bruno Alves, Reinaldo, Hudson, Lucas Fernandes, Everton e Diego Souza nos lugares de Arboleda, Rodrigo Caio, Régis, Petros, Valdívia, Liziero e Tréllez.

Dos que sairiam só não estão à disposição Rodrigo Caio e Valdívia. O zagueiro se recupera de cirurgia no pé esquerdo, ao passo que o meia-atacante foi negociado ao saudita Al-Ittihad. O restante, portanto, não será titular por opção técnica.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Com os retornos de Nenê, Bruno Alves, Hudson e Jucilei, o São Paulo deve entrar em campo nesta tarde com Sidão; Militão, Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei e Hudson; Lucas Fernandes, Nenê e Everton; Diego Souza.

Chama atenção ainda a boa fase que vivem dois medalhões do elenco são-paulino. Sobretudo Diego Souza, que passou por uma reviravolta desde que foi reserva no duelo de volta com os paranaenses, pela Copa do Brasil.

Após decidir pela permanência no clube do Morumbi, o camisa 9 passou a ajudar mais e virou o artilheiro isolado do time na temporada, com oito gols, sendo cinco anotados nos últimos sete jogos.

Na cola dele está Nenê, com sete tentos. O meia de 36 anos, aliás, é outro atleta experiente que passa por ótimo momento, decidindo ora com gols, ora com assistências. Tanto que a equipe sentiu demasiadamente a sua ausência no empate por 0 a 0 com o Internacional, na última terça-feira, no Morumbi.

Em situações opostas, Atlético-PR e São Paulo se encaram a partir das 16 horas (de Brasília) deste sábado, em Curitiba, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 17 pontos ganhos, o Tricolor ocupa o sexto lugar na tabela e tenta retornar ao G4, enquanto o Furacão figura na 17ª posição, com nove pontos, e visa escapar da zona de rebaixamento.

O FOX Sports transmite ao vivo os 64 jogos da Copa do Mundo da Rússia a partir do dia 15 de junho. Para acompanhar todas as notícias do Brasil e das outras seleções, confira a página especial do FOXSports.com.br.

Saiba mais:

Destaque da Colômbia está fora da Copa

Time de Carille fecha com brasileiro

Salah diz que não perdoou Sergio Ramos

Crédito da foto: Rubens Chiri/SPFC

Link copiado para a área de transferência!