Brasileiro 'expert' no Al Hilal aconselha Carille a aceitar: “Se oferta for boa, iria”

Segundo revelado por Benjamin Back no programa FOX Sports Rádio, a tendência é de que o treinador aceite a proposta apresentada a seus representantes pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita, e deixe o Parque São Jorge

False
358614

E suposto interesse do Al-Hilal em Fabio Carille agitou o Parque São Jorge. Como recusar uma proposta tentadora dessa do mundo árabe? Com a palavra, o ex-técnico Candinho, que fez história por lá durante três décadas e tem propriedade para falar sobre o assunto.

Em contato com a reportagem do FOXSports.com.br, Candinho foi bem sincero e esclareceu como é treinar um clube na Arábia Saudita na questão financeira. Segundo ele, o mercado por lá não está mais no primeiro escalão, perdendo espaço para China. Ainda assim, dependendo de como o treinador chega por lá, continua muito vantajoso.

Luverdense x Santos, decisão no grupo do Corinthians e Libertadores; a quinta no FOX Sports

“Arábia não paga mais a quantidade que pagava antes. Hoje é a China que paga muito. Mas ainda é bem melhor do que pagam no Brasil. Se a oferta for boa, eu iria. Mas é preciso ver se existe essa proposta mesmo. Se puder ganhar um pouco menos no Brasil, vale ficar. Mas geralmente é maior e vale a pena”, afirmou Candinho, que fez uma ressalva.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Alguns brasileiros tiveram problemas lá para receber. Então, é preciso fazer um contrato em árabe, com cópia em inglês, registrado na FIFA, para não ter erro”, finalizou.

Enquanto convive com a expectativa de perder ou não Carille, o Corinthians enfrenta o Deportivo Lara, nesta quinta-feira (17 de maio). Em primeiro da chave, o Timão joga por um empate para depender apenas das próprias pernas.

Leia também:

Éverton Ribeiro se divide entre Fla e hospital para cuidar do filho

Dedé revela por que trocou o Flamengo pelo Vasco no passado

Palmeiras vence colombianos e fatura a melhor campanha da Liberta

(Crédito da imagem: Marco Galvão/Foto Arena)

Deixe seu comentário