Jornal revela oferta para Zidane e diz que treinador está cansado no Real Madrid

Segundo o diário AS, Federação Francesa mandará em breve uma proposta para o comandante, que não deve seguir no comando merengue para a próxima temporada

False
358570

Bicampeão seguido da Champions League como treinador, Zidane está novamente na final com o Real Madrid e próximo de fazer ainda mais história. Só que o ciclo vitorioso do comandante no Santiago Bernabéu pode estar muito próximo do fim. Pelo menos é o que garante o jornal espanhol AS.

Luverdense x Santos, decisão no grupo do Corinthians e Libertadores; a quinta no FOX Sports

A publicação desta quinta-feira (17 de maio) falou sobre o futuro do treinador. Por conta de todas as conquistas pelo time merengue, diversos clubes foram atrás de Zidane. No entanto, o próprio admitiu que ainda não se vê dirigindo outras equipes, deixando em aberto apenas uma oportunidade para a próxima temporada: dirigir a seleção da França. Sonho que pode se tornar realidade em pouco tempo.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Segundo o AS, a Federação Francesa quer Zidane como o novo treinador do país após a Copa do Mundo e espera aproveitar a brecha do cansaço do comandante no Real para evoluir na negociação. Apesar de todo o ciclo vitorioso na Espanha, a longevidade do trabalho começa a trazer os prejuízos para o técnico, de acordo com a publicação, e uma saída caminha ao fim da temporada.

Aos 45 anos, Zidane teve no Real a primeira oportunidade como treinador profissional e correspondeu da melhor forma possível. Conquistou títulos, formou uma máquina e agora colhe os frutos de um trabalho bem feito na primeira experiência com uma equipe. Vale lembrar que ele vai atrás da terceira Champions como treinador no dia 26, contra o Liverpool.

Leia também:

Éverton Ribeiro se divide entre Fla e hospital para cuidar do filho

Dedé revela por que trocou o Flamengo pelo Vasco no passado

Palmeiras vence colombianos e fatura a melhor campanha da Liberta

Crédito da foto: EFE

Deixe seu comentário