Joia do Corinthians admite saída no meio do ano: Há a possibilidade

Joia do Corinthians admite saída no meio do ano: "Há a possibilidade"

Apesar de Carille já ter confirmado a venda para o Shakhtar, volante Maycon trata assunto com cautela, mas vê que permanência será muito difícil

Gazeta Press

Nesta quinta-feira (17 de maio), o Corinthians visita o Deportivo Lara, na Venezuela, em partida válida pela quinta rodada do grupo 7 da Conmebol Libertadores. Além de decisivo para a sequência do Alvinegro na competição, o duelo é especial em particular para Maycon, que completará 100 jogos com a camisa do Timão, mas que pode deixar a equipe em breve.

Fla x Emelec, Final da Liga Europa, Atlético-MG e mais: a semana no FOX Sports

Na segunda rodada, em Itaquera, o time paulista bateu o Lara pelo placar de 2 a 0. Como visitante, contudo, a tarefa será mais difícil, uma vez que os venezuelanos ainda não foram derrotados dentro de casa. Na tarde desta quarta-feira, Maycon deu entrevista ao SporTV, e comentou sobre a partida.

“A gente sabe da dificuldade que é jogar aqui (na Venezuela), os dois outros adversários que vieram aqui perderam…Principalmente o Independiente, que ganhou de nós lá na Arena. Então é um time que temos que ter atenção, a gente sabe da importância do jogo, e o que significa para nós no grupo. A gente vai entrar para fazer o nosso melhor amanhã”, disse.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Além disso, o volante falou também sobre o seu futuro. Recentemente, o técnico Fabio Carille confirmou que o jogador irá para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e que faltaria apenas alguns detalhes da negociação. Questionado sobre o assunto, Maycon tentou despistar.

“Ainda não posso afirmar…Há conversas entre os clubes, mas ainda não está totalmente certo. Então primeiro precisa fechar com o Corinthians, que é a minha principal prioridade…Quando estiver certo com o Corinthians, aí sim eu vou pensar na minha carreira. Ainda tem bastante tempo para a janela ficar aberta, então estou muito tranquilo sobre isso. Estou muito tranquilo porque aqui é a minha casa. Claro que há a possibilidade, mas eu não me deixo levar. Quando entro em campo eu tento fazer o melhor para a equipe sem pensar no futuro que eu nem sei se vai acontecer. Então estou muito tranquilo sobre isso”, completou.

Leia também:

Renato se comove com situação da Venezuela: 'Machuca o coração'

Flamengo tem reforço de peso para vencer o Emelec e se classificar

Messi fala de CR7 e diz que Real é o seu combustível para vencer mais

Crédito da foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!