Tite revela que quase não aceitou convites do Corinthians e da Seleção

Tite revela que quase não aceitou convites do Corinthians e da Seleção

Nesta segunda-feira (14 de maio), o FOX Sports transmite a convocação do Brasil para a Copa do Mundo a partir das 14h

FOX Sports

Nesta segunda-feira (14 de maio), Tite anuncia os 23 jogadores que representarão o Brasil na Copa do Mundo da Rússia. Antes da convocação, que terá transmissão ao vivo do FOX Sports a partir das 14h, o site americano The Players Tribune divulgou um texto do treinador da Seleção Brasileira, que fez diversas revelações.

Convocação da Seleção, 14h, nesta segunda, ao vivo no FOX Sports

O técnico conta que, em 2010, quase recusou a oferta do Corinthians, que, segundo ele próprio, “mudou a sua vida”. Oito anos atrás, eu estava sentado em meu apartamento em Abu Dhabi, como treinador do Al Wahda FC, quando recebi o telefonema que mudou a minha vida. Andrés Sanchez me ligou para saber se eu queria voltar para o Brasil e ser o treinador do Corinthians. Eu disse a ele que não estava certo a respeito disso”, disse o treinador, que seguiu:

“Minha esposa, Rose, amava nossa vida em Abu Dhabi. Minha filha já tinha feito exames para começar a frequentar a escola por lá. Nós tínhamos uma vida linda sem muita pressão. Na verdade, era perfeito. Então, claro, eu disse para a minha esposa, ‘Bem…’. E ela respondeu, 'Ah, você não me engana. Eu sei que você quer voltar'. Ela sabia o que estava no meu coração. Eu peguei o avião para São Paulo poucos dias depois. Eu me lembro que nesse voo de volta para o Brasil disse a mim mesmo: ‘Cara, tu vai treinar Ronaldo e Roberto Carlos, duas lendas. É uma honra incrível’.”, contou Tite.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O comandante do Brasil ainda contou, que, em 2016, também pensou duas vezes antes de aceita o convite da CBF. “Em junho de 2016, fui chamado para uma reunião na CBF. Quando eles me ofereceram o posto de técnico da Seleção Brasileira, foi uma emoção indescritível. Mas então a nossa posição na tabela de classificação para a Copa do Mundo se impôs, e eu sabia que se nós perdêssemos o jogo contra o Equador haveria uma crise. Para ser sincero, eu viajei na máquina do tempo, e eu tinha lembranças do que aconteceu quando nós fracassamos para classificar na Libertadores, e eu pensei, ‘Cara, imagina o que vai acontecer se o Brasil não se classificar para a Copa do Mundo. Qual vai ser teu legado?’, revelou Tite, que seguiu:

“Na manhã seguinte, eu acordei e pensei realmente no seguinte, ‘Eu não vou aceitar o convite. Não é o momento certo’. Mas então eu tive um tempo para refletir, e eu pensei no meu pai e na minha mãe. Pensei na imagem da minha mãe na máquina de costura às 3h da manhã. Pensei no quanto eu costumava sentar à frente do rádio, ouvindo a Seleção Brasileira. Então, eu disse pra mim mesmo: ‘Ok, você lutou por isso. Agora você tem a chance de fazer teus sonhos se tornarem realidade’”, completou.

Saiba mais:

Simeone teve proposta tentadora do PSG

Tevez 'manda recado' para o Palmeiras

Jornal: Neymar já se encontrou com técnico

Crédito da imagem: Pedro Martins/MoWa Press

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!