Felipe Melo lembra saída do Flamengo e diz se pretende voltar ao clube

Convidado do programa Aqui Com Benja! deste sábado (12), o jogador do Palmeiras abriu o jogo sobre sua relação com o time rubro-negro, por quem é declaradamente torcedor

Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo
357917

Declaradamente torcedor do Flamengo, Felipe Melo é cria da Gávea. Depois de surgir no time carioca em 2001, o meio-campista acabou se transferindo para o Cruzeiro em 2003. Convidado do programa Aqui Com Benja! deste sábado (12 de maio), o jogador lembrou como foi a saída do Rubro-Negro, e revelou que essa não era sua intenção, mas acabou sendo obrigado devido a problemas financeiros do clube. 

Barcelona, Série A TIM, Bellator e mais: tudo no FOX Sports

"Quiseram (a saída). Eu não lembro o nome do presidente na época (Hélio Ferraz), em 2002 ou 2003. Naquela época eu não podia me dar o luxo de ficar seis meses sem receber, eu era pobre. Foi uma situação bem constrangedora, até que se abriram as portas no Cruzeiro, Luxa falou: 'Vem para cá, esse garoto tem futuro'", lembrou o volante do Palmeiras. 

De volta ao Brasil depois de anos na Europa, Felipe Melo acertou com o Verdão, mas e o time do coração? O atleta foi questionado pelo apresentador FOX Sports Benjamin Back: "Tem o desejo de voltar ao clube?". E ao responder, o meio-campista acabou por se declarar ao Palmeiras, deixando a entender que uma possível volta ao Fla já não é sua prioridade. 

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"Eu tinha muito desejo de retornar ao Flamengo, mas quando cheguei ao Palmeiras, na minha primeira entrevista, eu falei: ‘Ah, sou flamenguista, mas sou muito profissional, e se tiver que jogar contra o Flamengo, vou fazer o máximo para vencê-los’, que foi o que aconteceu. Mas de tudo que tem acontecido comigo, aqui dentro (Palmeiras), da forma como fui abraçado pelo torcedor, pelos meus companheiros, pela direção, os empregados, não é todo dia. De tudo que aconteceu comigo no passado, e esse abraço coletivo, faz com que o coração do cara pulse mais forte", afirmou Melo.

"Hoje, cada dia que passa, meu amor pelo Palmeiras só aumenta. Quero fazer mais pelo pessoal que fez por mim no momento em que mais precisei. É muito fácil estar do seu lado quando você está fazendo gols, conquistando títulos, jogando bem. Difícil é estar do lado quando você precisa", finalizou o Pitbull.

Crédito da imagem: Flickr Palmeiras

Deixe seu comentário