Carille considera empate em Itaquera maravilhoso para o Palmeiras

Carille considera empate em Itaquera "maravilhoso" para o Palmeiras

Técnico do Corinthians diz que rival ficará satisfeito caso conquiste um ponto atuando fora de casa, e negou climão pela polêmica final do Campeonato Paulista

Gazeta Press

De olho na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o técnico Fábio Carille ignorou o desejo de vingança dos palmeirenses ao analisar o Derby deste domingo, em Itaquera. Para ele, o rival já ficará bastante satisfeito se conseguir empatar com o Corinthians fora de casa.

“É outra competição”, justificou Carille, deixando de lado a vitória corintiana no Allianz Parque, na decisão do Campeonato Paulista. “Agora, no Brasileiro, o Palmeiras está em segundo lugar. Um empate fora de casa para eles é maravilhoso, porque continuam no bloco de cima. Para nós, nem tanto. O resto é passado. Vida nova”, acrescentou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

De fato, o Palmeiras iniciará a quinta rodada em situação melhor do que o Corinthians. O time visitante no clássico deste fim de semana soma 8 pontos ganhos, atrás apenas dos 10 do líder Flamengo, enquanto o mandante contabiliza 7 e tenta voltar a vencer após perder por 1 a 0 para o Atlético-MG e empatar por 1 a 1 com o Ceará.

O desejo de vitória de muitos palmeirenses, contudo, transcende o Campeonato Brasileiro. O vice-campeão paulista deste ano ainda não aceitou a derrota para o Corinthians na decisão estadual – tenta de todas as formas impugnar a partida, alegando que o árbitro Marcelo Aparecido recebeu interferência externa ao desmarcar um pênalti do volante Ralf sobre o atacante Dudu.

Carille não acredita que a polêmica terá influência no reencontro entre Corinthians e Palmeiras. “Não existe peso nenhum. Isso está mais para o lado diretivo do que para os atletas. O Roger é inteligente, um cara que respeito bastante. Vida nova”, repetiu o corintiano.

Barcelona, Atlético de Madrid, Série A TIM, Bellator e mais: tudo no FOX Sports

Não é de agora, às vésperas do clássico, que Fábio Carille tem adotado esse discurso. O técnico prega contra a possibilidade de um reencontro violento dentro de campo, em função da rivalidade exacerbada, desde quando estava mais preocupado com a Copa Libertadores da América e a Copa do Brasil.

“A gente já esqueceu tudo o que aconteceu. No último jogo contra o Palmeiras, mesmo com o lance do pênalti, não houve confusão. O nosso time vai chegar forte e leal, como deve ser, mas sem largar o braço e revidar”, prometeu Fábio Carille, porém sem se maravilhar com um empate. “Não é uma final, mas a gente sabe da importância de vencer um clássico. É claro que isso fortalece muito mais a equipe, e temos o objetivo de ficar ente os primeiros do Brasileiro até a parada para a Copa do Mundo.”

Crédito da imagem: Daniel Augusto Jr./Corinthians

Link copiado para a área de transferência!