PVC diz que Dani Alves nunca foi Cafu e elege lateral que foi superior: Mais jogador

PVC diz que Dani Alves nunca foi Cafu e elege lateral que foi superior: "Mais jogador"

Durante o Expediente Futebol desta sexta-feira (11 de maio), comentarista lembrou as atuações de Maicon com a Amarelinha e o colocou acima do jogador do PSG

FOX Sports

Notícia do dia no cenário esportivo, o corte de Daniel Alves abriu uma lacuna no futebol brasileiro. Durante o Expediente Futebol desta sexta-feira (11 de maio), a lesão do lateral foi tema do programa, além do tamanho da falta que o jogador fará ao time do técnico Tite.

Barcelona, Atlético de Madrid, Série A TIM, Bellator e mais: tudo no FOX Sports

Para o comentarista PVC, a ausência do atleta do PSG será sentida, muito por conta da qualidade técnica do lateral. No entanto, admitiu que o histórico de Daniel com a Amarelinha jamais foi de um titular absoluto, posto que o próprio ocupavano time de Tite:

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"O primeiro ponto, você olha e parece que ele foi titular a vida inteira da Seleção. Não é assim. Foi reserva na Copa de 2010. Terminou a Copa na ponta porque o Elano se machucou. Começou em 2014 como titular, mas perdeu a vaga. Daniel Alves vai fazer uma falta grande, mas não é um Cafu. Maicon é muito menos técnico do que o Daniel, mas era uma locomotiva e foi mais jogador do que o Daniel Alves", explicou PVC.

Nota da CBF sobre Dani Alves:

Na última quinta-feira (10), o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, e o coordenador, Edu Gaspar, desembarcaram em Paris para um acompanhamento aprofundado da situação médica ocorrida na final da Copa da França com o lateral-direito do Paris Saint-Germain, Daniel Alves.

Como vem ocorrendo desde o início do trabalho, a comissão técnica criou uma importante relação com as equipes do Brasil e do exterior, o que permite acompanhamentos técnicos, físicos e clínicos 'in loco', além da participação na tomada de decisões.

Seguindo essa linha de trabalho em conjunto, foram realizados exames complementares minuciosos e confirmado o diagnóstico inicial de lesão do ligamento cruzado anterior, com necessidade de tratamento cirúrgico.

Esgotadas todas as alternativas de recuperação dentro do prazo, constatou-se a impossibilidade da convocação de Daniel Alves para o período de preparação, amistosos e, consequentemente, para a Copa do Mundo.

A comissão técnica da Seleção Brasileira sente pelo ocorrido e deseja a Daniel Alves uma pronta recuperação para que sua técnica, raça e liderança estejam de volta ao serviço da Amarelinha o mais breve possível.

Saiba mais:

Mina irá para a Inglaterra, diz jornalista

Fla de Barbieri perto de grande marca

Neymar e CR7 juntos? Zidane analisa

Crédito da imagem: Pedro Martins/Mowapress

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!