Jair diz o que pensa sobre protestos da torcida e revela o que mais gostou em goleada do Santos

Grupo de santistas cobrou raça e contratações à diretoria antes e no intervalo da partida que terminou em vitória do Peixe por 5 a 1 sobre o Luverdense, na Vila Belmiro, pela Copa do Brasil

False
357555

Mais do que uma grande atuação, o Santos mostrou poder de reação nesta quinta-feira, ao golear o Luverdense por 5 a 1 na Vila Belmiro, logo depois de sofrer o mesmo placar para o Grêmio, no último domingo, em Porto Alegre. O técnico Jair Ventura destacou a “vitória mental” do Peixe e minimizou os protestos da torcida. Um grupo de santistas cobrou raça e contratações à diretoria antes e no intervalo da partida.

“Vejo uma vitória mental. Grupo virou a chave pelo desempenho e parte psicológica. Isso incomodou a todos, mas apesar do grupo jovem, cinco gols foram feitos pelos meninos da base. Terminamos com quatro da base no ataque. Santos tem 15 da base na Libertadores. Isso pesa, mas tivemos uma boa vitória mental”, disse Jair.

Barcelona, Atlético de Madrid, Série A TIM, Bellator e mais: tudo no FOX Sports

“Se eu fosse torcedor, também faria um protesto. Normal. Nosso trabalho é assim. É cobrança sempre e estamos acostumados. Como passado é imutável, temos que fazer um futuro melhor”, completou o treinador.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Com a goleada, o Santos pode perder por até três gols de diferença para o Luverdense na próxima quinta-feira, às 19h15, em Lucas do Rio Verde. Pelo Campeonato Brasileiro, o Peixe voltará a campo, de novo na Vila Belmiro, para enfrentar o Paraná, domingo, às 19h15, pela quinta rodada da competição.

(Crédito da imagem: Ivan Storti/SantosFC)

Deixe seu comentário