Atlético PR perde na Argentina mas garante classificacao para segunda fase da Sul Americana

Atlético-PR perde na Argentina, mas garante classificação para segunda fase da Sul-Americana

Furacão é derrotado pelo Newell’s Old Boys por 2 a 1, mas avançou para a próxima fase por ter vencido por 3 a 0 a partida de ida, na Arena da Baixada

Gazeta Press

Com uma grande vantagem conquistada no jogo de ida da primeira fase da Conmebol Sul-americana, o Atlético Paranaense passou sufoco na Argentina e foi derrotado pelo Newell’s Old Boys, por 2 a 1, no El Coloso del Parque, em Rosario, conquistando, entretanto, a vaga para a sequência da competição. Em Curitiba, vitória atleticana por 3 a 0.

A equipe argentina conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo, com Luís Leal, aos 36 minutos, recendo bom lançamento e tocando na saída do goleiro para balançar a rede. Depois do intervalo, novamente Leal, de cabeça, ampliou para os donos da casa. Nikão, aos 40 minutos, acabou com o sonho argentino.

Santos, River e mais: a semana no FOX Sports

O jogo – O time argentino começou a partida tentou pressionar e, logo no primeiro ataque, Nadalin forçou o cruzamento fechado na área e Santos saiu para fazer a defesa.O furacão tentou responder com Nikão, que carregou a bola e tentou o levantamento para Renan Lodi, que não alcançou a bola. Aos nove minutos, Figueroa fez um cruzamento com cara e chute que Santos teve trabalho para afastar.

O Rubro-Negro teve seu primeiro chute a gol aos 11 minutos de partida, com Lucho arriscando de muito longe, por cima da meta. Fontatni subiu no meio da área atleticana, aos 16 minutos, mas a testada saiu nas mãos do goleiro Santos. Bom ataque da equipe brasileira, aos 26 minutos, com Camacho encontrando Renan Lodi entrando com liberdade pelo lado esquerdo para dominar, avançar e soltar o pé para defesa firme de Ibáñez.

O tempo jogava contra o Newells, que não conseguia diminuir a diferença para botar fogo na partida. O Atlético pouco se arriscava no campo de ataque. Aos 30 minutos, sobra de bola após cobrança de escanteio e Fontanini arrematou em cima da defesa. Até que, aos 36 minutos, Luís Leal recebeu lançamento, ganhou na velocidade da defesa e tocou na saída de Santos para abrir o placar. Aos 38 minutos, Pablo até balançou a rede, mas o árbitro anulou o lance para marcar impedimento.

Para o segundo tempo, as equipes retornaram sem alterações. Logo no primeiro minuto, Fértoli passou como quis pela marcação e tocou para Figueroa finalizar e parar em grande intervenção de Santos. Aos seis minutos Leal recebeu com liberdade, mas demorou em definir o lance e foi travado pela zaga atleticana. Porém, aos 11 minutos, o árbitro arcou pênalti para ao Furacão após toque de mão do zagueiro argentino. Após muita confusão, o árbitro voltou atrás e não confirmou a penalidade.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O jogo pegou fogo de vez aos 21 minutos, quando Luís Leal, novamente o português, subiu na área para desviar de cabeça e fazer o segundo do Newell’s. Faltava apenas um para levar a definição para as penalidades. O Rubro-Negro tentou reagir em cobrança de falta de Nikão, que bateu na rede pelo lado de fora. Pressão total sobre o Atlético e, aos 24 minutos, Figueroa pegou sobra de arrematou para defesa de Santos.

O Atlético ficou ainda mais recuado, praticamente abdicando de atacar para tentar impedir o terceiro gol argentino. No contra-ataque, aos 35 minutos, Raphel Veiga chutou da entrada da área e Ibáñez agarrou com segurança. Porém, aos 40 minutos, Nikão aproveitou cruzamento de Camacho para desviar para a rede e calar o estádio em Rosario, carimbando a classificação.

Saiba mais!

Raí abre jogo sobre futuro de Cueva no São Paulo

Guerrero ou Dourado? Jornal revela quem será titular

Atlético-MG encaminha saída de jogador para o resto do ano

Crédito da foto: Divulgação/Conmebol

Link copiado para a área de transferência!