Zagueiro brasileiro confirma que foi procurado pelo Barca antes de clube fechar com Mina

Zagueiro brasileiro confirma que foi procurado pelo Barça antes de clube fechar com Mina

Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, Marcelo, do Lyon, afirmou que pessoas ligadas ao clube catalão chegaram a contactar seus representantes na última janela de transferências europeia

Artur Rocha

A última janela de transferências do inverno europeu, no início do ano, foi bastante movimentada para o Barcelona, que além de pagar o valor recorde de 160 milhões de euros (R$ 640 milhões, na cotação da época) para tirar o meia Philippe Coutinho do Liverpool, ainda desembolsou outros 11,8 milhões de euros (R$ 45,5 milhões) para exercer oficialmente a opção de compra do zagueiro Yerry Mina, na época ainda do Palmeiras. A chegada do colombiano ao Camp Nou, porém, poderia sequer ter acontecido. E quem contou essa história ao FOXSports.com.br foi exatamente o, na época, também candidato a assumir o posto do ex-palmeirense, Marcelo, que vive grande temporada no Lyon-FRA.

Barça, Inter de Milão e muito mais: o fim de semana nos canais FOX Sports 

Em entrevista ao nosso site, o defensor de 30 anos, que no Brasil defendeu apenas as cores do Santos, lembrou que seus representantes chegaram a ser procurados por pessoas ligadas ao Barça, que na época procurava quase que urgentemente uma peça para sua defesa, uma vez que Javier Mascherano havia se transferido para o Hebei Fortune, da China, e Samuel Umtiti, titular absoluto da zaga ao lado de Gerard Piqué, estava machucado. A negociação, porém, acabou não avançando.

“Realmente aconteceu esse contato junto dos meus representantes. Vejo isso como um ponto positivo da minha carreira pelo reconhecimento que os clubes estão tendo, pelas minhas performances, pela minha estabilidade na Europa. Eu não fiquei chateado (pelo negócio não ter sido fechado), cada um tem aquilo que merece, não foi a hora de me transferir para um clube do nível do Barcelona, mas a possibilidade sempre vai existir, a partir do momento que eu continuar fazendo bem o meu trabalho”, afirmou, sem se lamentar, o zagueiro que está na Europa desde 2008, quando deixou o Peixe rumo ao Wisla Krakow, da Polônia.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Por conta da rápida passagem - de apenas um ano - que teve no Brasil, Marcelo não teve a chance de deixar o seu nome marcado na terra natal, a exemplo de Neymar e Paulo Henrique Ganso, que também saíram da Vila Belmiro, mas tem números de sobre que confirmam o por que do interesse dos catalães em contratá-lo.

Contratado pelo Lyon para a atual temporada junto ao Besiktas-TUR, onde em pouco mais de uma temporada disputou 61 partidas com cinco gols marcados, o brasileiro também tem sido importante para a atual campanha dos franceses. Em 48 jogos até aqui, balançou as redes em também cinco oportunidades, em uma delas, inclusive, colocando sua equipe em vantagem contra o CSKA Moscou-RUS, na partida de ida das oitavas de final da Europa League, na vitória por 1 a o. Os russos, porém, venceram na França por 3 a 2 e acabaram avançando.

E apesar do longo tempo em que já está no Velho Continente, tendo passado também por PSV-HOL e Hannover 96-ALE, Marcelo ainda não pensa em retornar ao futebol brasileiro, mesmo que já ter sido procurado por algumas equipes do país. Sua meta é encerrar a carreira na Europa.

“Alguns clubes já me procuraram, sim, mas minha ideia sempre foi continuar aqui (na Europa). Minha meta é permanecer na Europa até o fim da minha carreira...Eu não penso em voltar ao Brasil não, mas a gente sabe que o futuro pertence a Deus, então nunca podemos dizer nunca. Se eu tiver a oportunidade de encerrar a minha carreira na Europa, eu vou encerrar aqui”, afirmou o defensor, que, se por ventura retornar ao Brasil no futuro, gostaria de voltar a vestir a camisa do Santos.

“Se um dia eu voltar e houver essa oportunidade de jogar no Santos, eu ficaria muito feliz porque foi o clube que me revelou, é a cidade onde a minha família vive, então para mim seria uma oportunidade muito boa de estar perto da minha família. Mas como sou profissional, se eu tiver a oportunidade em outro clube também, para mim não teria problema nenhum”, completou.

Crédito da imagem: reprodução/ Instagram 

Link copiado para a área de transferência!