Aguirre tem desfalque certo, mas mantém esperança de ter trio em decisão do São Paulo

Aguirre tem desfalque certo, mas mantém esperança de ter trio em decisão do São Paulo

Após empate na Argentina, o Tricolor pega o Rosario Central no Morumbi em partida eliminatória pela da Conmebol Sul-Americana. Técnico uruguaio ainda mantém o time titular sob sigilo

Gazeta Press

Nesta terça-feira, véspera do duelo decisivo pela primeira fase da Conmebol Sul-Americana, o centro das atenções no São Paulo será o departamento médico. De lá sairão as notícias que definirão a lista de relacionados e a escalação da equipe para enfrentar o Rosario Central-ARG, no Morumbi.

Nenê e Éder Militão são as principais dúvidas. O meia deixou o segundo tempo da partida com o Atlético-MG, no último sábado, com dores na coxa esquerda, ao passo que o zagueiro e lateral direito sentiu um incômodo no adutor durante o aquecimento e foi cortado do confronto.

A boa notícia para a torcida é que, já no domingo, ambos foram submetidos a exames médicos que não detectaram estiramento muscular, o que fatalmente os tirariam da partida diante dos argentinos. No mesmo dia, iniciaram tratamento em período integral no Reffis, que teve sequência na última segunda-feira.

Barça, PSG, Corinthians x Vitória e brasileiros na Sul-Americana: a semana no FOX Sports

Aos 36 anos, em meio à maratona de jogos nesta temporada, Nenê vem surpreendendo positivamente. É o único atleta do elenco que foi escalado como titular em todas as 11 partidas de Aguirre à frente do time e está confiante em sua reabilitação. “Correndo contra o tempo”, escreveu em seu perfil no Instagram, no último domingo.

O panorama é parecido para Militão. O versátil jogador raramente tem problemas de lesão. Prova disso é que participou de 24 dos 27 jogos do São Paulo em 2018. Assim como o meia, dependerá de sua evolução nas próximas horas para ser liberado pelo departamento médico.

No entanto, ambos ainda precisarão do aval de Aguirre. O treinador, como é sabido pelo DM, não gosta de escalar jogadores sob o risco de lesão. Desta forma, a dupla terá de estar 100% fisicamente ou perto disso para entrar em campo. Caso isso não ocorra, a tendência é que Anderson Martins e Cueva os substituam no time titular.

Além deles, o centroavante Gonzalo Carneiro também ganhou holofotes nos últimos dias. Na semana passada, recuperado de uma lesão no púbis, o uruguaio realizou os primeiros treinos com o grupo e avançou em seu processo de aprimoramento físico, gerando expectativas sobre a sua estreia com a camisa tricolor.

Neste caso, contudo, a situação é mais complicada. Apesar da evolução, o ex-Defensor-URU ainda não se mostra totalmente seguro durante os treinos. Nesta segunda-feira, por exemplo, atuou como curinga para ser protegido de eventuais choques mais fortes com seus companheiros.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Também deixou o campo com a mão na região posterior da coxa direita, indicando que requer mais dias de trabalho para ficar à disposição. Diante de tal cenário, as chances de Carneiro estrear contra o Rosario são mínimas.

Como o jogo de ida terminou empatado sem gols, o vencedor desta quarta-feira se classificará à segunda fase. Um novo 0 a 0 levará a decisão para os pênaltis. Já um empate com gols dará a vaga aos argentinos.

Desfalque certo

Rodrigo Caio é o único desfalque certo para a decisão desta quarta. O zagueiro, que já admitiu estar chegando a hora de deixar o São Paulo, foi expulso no jogo de ida e terá de cumprir suspensão na volta. Bruno Alves será o seu substituto. No momento, o camisa 3 se recupera de uma torção no pé esquerdo que o tirou dos últimos dois jogos pelo Brasileiro.

Saiba mais:

Ex-Fla acerta contrato com o Santos

Liverpool perde titular para a final

Luís Fabiano ouviu 'não' de gigante

(Crédito da imagem: Jales Valquer/Foto Arena)

Link copiado para a área de transferência!