Treino indica São Paulo com dois desfalques para decisão contra Rosario Central

Treino indica São Paulo com dois desfalques para decisão contra Rosario Central

No último domingo, Nenê e Éder Militão foram submetidos a exames médicos que não constataram estiramento, o que lhes tiraria da partida da próxima quarta-feira, no Morumbi

Gazeta Press

A escalação do São Paulo para o duelo decisivo com o Rosario Central-ARG, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Morumbi, será tratada como um mistério até momentos antes da partida. Na manhã desta segunda, Nenê e Éder Militão não treinaram com o restante do grupo no CT da Barra Funda e seguem como dúvidas para o confronto com os argentinos.

Militão sentiu um desconforto muscular durante o aquecimento para o jogo contra o Atlético-MG, no sábado, e foi cortado, dando lugar a Anderson Martins. Já Nenê deixou a partida no segundo tempo com dores na coxa esquerda, sendo trocado por Liziero.

No domingo, ambos foram submetidos a exames médicos que não constataram estiramento, o que lhes tiraria da partida. Desta forma, a presença deles no embate com o Rosario depende da evolução de cada um. Mas, se não treinarem nesta terça, a tendência é que não sejam relacionados.

Barça, PSG, Corinthians x Vitória e brasileiros na Sul-Americana: a semana no FOX Sports

Neste último caso, Anderson Martins seguiria substituindo Militão, ao passo que Cueva seria o favorito a assumir a vaga de Nenê. O peruano, inclusive, ganhou credenciais para tal ao dar o passe para o gol de Diego Souza no empate por 2 a 2 com o Galo.

Nesta manhã, o técnico Diego Aguirre não deu pistas sobre a escalação para quarta-feira. O uruguaio comandou apenas um treino em campo reduzido com os reservas e Bruno Alves, único titular de sábado presente na atividade. Calçando tênis, Anderson Martins, Arboleda, Régis, Reinaldo, Jucilei, Hudson, Everton e Diego Souza apenas correram em volta do gramado.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Everton, aliás, está fora do duelo com o Rosario. O meia-atacante, contratado na segunda quinzena de abril, não foi inscrito a tempo para a primeira fase da Sul-Americana. Assim, ele só ficará disponível se o Tricolor avançar no torneio continental. A tendência, portanto, é que Valdívia seja o seu substituto.

Outro que está fora de combate é Rodrigo Caio. Além de ter que cumprir suspensão pela expulsão na Argentina, zagueiro está se recupera de entorse no pé esquerdo. Bruno Alves, dessa forma, continuará na zaga são-paulina.

Como o jogo de ida terminou empatado sem gols, o vencedor desta quarta-feira se classificará à segunda fase. Um novo 0 a 0 levará a decisão para os pênaltis. Já um empate com gols dará a vaga aos argentinos.

Saiba mais:

Presidente do Barcelona revela encontro com Griezmann

PVC aponta grande problema do Corinthians em 2018

Santos faz proposta para contar com ex-Palmeiras pós-Copa

(Crédito da imagem: Maurício Rummens/Foto Arena)

Link copiado para a área de transferência!