Everton Ribeiro revela o que disse ao árbitro após expulsão polêmica em estreia do Flamengo

Meia recebeu cartão vermelho após ser atingido por uma bolada no rosto dentro da área. Wagner Reway, entretanto, entendeu que Everton evitou o gol do adversário com a mão

False
353573

O meia Everton Ribeiro, do Flamengo, esbravejou contra o árbitro Wagner Reway por sua expulsão durante o empate por 2 a 2 com o Vitória, na noite deste sábado, em Salvador, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. No lance, o jogador foi atingido por uma bolada no rosto. O juiz, contudo, entendeu que Everton evitou o gol do adversário com a mão, marcando pênalti e o expulsando.

Milan x Napoli, clássicos na Alemanha e na Itália: o fim de semana no FOX Sports

“Não passou nem perto da minha mão. Tentei ajuda-lo e disse que não havia batido. O auxiliar também não viu. Fico indignado. Atrapalhou o time, o meu próximo jogo e um trabalho bem feito de duas semanas”, afirmou ao canal Sportv.

“Não deu nem tempo de tentar me proteger. Espero que ele possa rever o lance e melhorar para que não atrapalhe mais ninguém”, acrescentou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Indagado se o fato de ter levantado os braços poderia ter confundido o árbitro, Everton Ribeiro ressaltou. “Fiz um movimento de proteção, mas não deu nem tempo. Ele tinha absoluta certeza que bateu na minha mão. Não influenciou. O árbitro ao lado do gol não está dando conta”, concluiu.

(Crédito da imagem: Staff Images/Flamengo)

Deixe seu comentário