Fora da estreia no Brasileirão, Everton deve trocar o Flamengo pelo São Paulo neste fim de semana

Atacante pediu para não viajar com o grupo rubro-negro a Salvador, onde a equipe carioca fará a estreia pelo Campeonato Brasileiro, nesse sábado, contra o Vitória

False
353407

O Flamengo foi pego de surpresa com a investida do São Paulo em cima de Everton e, quando acordou, já era tarde demais. Nessa sexta-feira, o atacante, que vinha treinando entre os titulares, pediu para não viajar com o grupo rubro-negro a Salvador, onde a equipe carioca fará a estreia pelo Campeonato Brasileiro, nesse sábado, contra o Vitória.

O clube do Morumbi está disposto a pagar cerca de R$ 8 milhões à vista ao Flamengo, ou até mesmo envolver algum atleta para amenizar esse valor, caso seja do interesse dos cariocas. O negócio ainda prevê o pagamento de outros R$ 8 milhões ao empresário do atleta, detentor dos outros 50% dos direitos econômicos de Everton. Essa segunda parte deve ser parcelada e resolvida de forma mais ‘amigável’ no intuito de acelerar o acordo.

Barça x Valencia, Milan x Napoli, clássicos na Alemanha e na Itália: o fim de semana no FOX Sports

O Flamengo, que tem contrato com o jogador até o fim de 2019, garante que chegou a oferecer um novo contrato a Everton, inclusive com aumento salarial. Mas, a proposta, pelo visto, chegou tarde demais. A mágoa do atacante de 29 anos parece consolidada.

Apesar de sua regularidade e importância para a equipe, seja pelos gols, assistências ou até mesmo versatilidade, Everton nunca foi equiparado pelo Flamengo ao grupo de jogadores que tem Diego, Everton Ribeiro e Paolo Guerrero como destaques.

O São Paulo convenceu Everton oferecendo justamente tudo que ele esperava do Flamengo. A diretoria tricolor garantiu que ele terá sua importância reconhecida no elenco e também propôs um aumento salarial de cerca de 30% de seus vencimentos atuais. O contrato seria válido por três temporadas.

A ideia é evitar uma nova frustração depois do insucesso nas tratativas no início de 2017, quando o empresário de Everton chegou a oferecer o jogador ao clube do Morumbi e teve a aprovação de Rogério Ceni.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

As bases do acordo estão acertadas e apenas detalhes burocráticos impedem o anúncio oficial pelas partes. Até segunda-feira tudo já deverá estar resolvido. Apenas uma grande reviravolta ou uma mudança de discurso em cima da hora pode mudar o rumo das negociações.

Apesar de tentar lavar as mãos diante da iminente perda de uma de suas principais peças do time pelo fato do São Paulo estar disposto a pagar a multa de 4 milhões de euros, o Flamengo já está sofrendo com a ira de parte de sua torcida.

Por outro lado, a reação dos torcedores são-paulinos é de aprovação total. Pesa a favor de Everton o fato do elenco ter apenas Morato e Valdívia, este emprestado até dezembro, como opções para a posição. Internamente, há dirigentes são-paulinos e pessoas ligadas a diretoria que se mostraram contrárias ao negócio em função do valor envolvido, o qual julgam alto demais depois do clube gastar R$ 20 milhões com Diego Souza e o goleiro Jean.

(Crédito da imagem: Gilvan de Souza/Flamengo)

Deixe seu comentário